Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Sábado - 30 de Junho de 2007 às 14:16
Por: Alex Fama

    Imprimir


O deputado federal e presidente regional do PMDB, Carlos Bezerra, afirmou ontem que o deputado Juarez Costa deixará a vice-liderança do governo na Assembléia Legislativa e será o candidato do partido à prefeitura de Sinop. Por telefone, Bezerra afirmou ao DR que o PMDB tem a aspiração de comandar a quarta mais importante cidade do Estado e que Juarez é o candidato natural da sigla ao cargo.

O cacique peemedebista afirmou que não existe mais o acordo firmado entre o parlamentar e o candidato do PR e secretário de Estado de Esporte, Baiano Filho. De acordo com ele, o que houve foi um acordo diferente do anunciado tanto por Baiano quanto por Maggi.

Bezerra declarou que o acordo firmado seria que o secretário apoiasse a candidatura do peemedebista à Assembléia Legislativa, algo que aconteceu sagrando Juarez vencedor. Depois da disputa eleitoral, Baiano - que estava saindo do PPS juntamente com outros correligionários - se filiasse ao PMDB para, então, ser o candidato oficial do partido à Prefeitura de Sinop. No entanto, Baiano teria preferido atender a solicitação do governador Blairo Maggi (PR), que encabeçava a lista de desfiliação do PPS, e se ligar ao recém criado Partido da República – fusão do Partido Liberal com o Prona.

Segundo o presidente, com o acordo firmado e a ajuda dada à eleição de Juarez, Baiano teria total apoio do diretório estadual como o candidato do partido à prefeitura de Sinop. Como o secretário não se filiou à sigla do cacique, Bezerra deu por quebrado o acordo entre Baiano e Juarez. “Existia o acordo de o Baiano vir para o PMDB e ser o candidato do partido em Sinop. A gente marcou dia da filiação, mas ele mudou a conversa. Na medida em que ele foi para o PR, o acordo acabou”.

Para o presidente, a questão da candidatura em Sinop e a desistência da vice-liderança do governo Maggi assumida por Juarez é dada como assuntos decididos. Bezerra afirmou que o parlamentar já decidiu por não permanecer com o cargo na Assembléia Legislativa e por assumir a candidatura em Sinop. “Ele [Juarez] não vai fazer nenhum anúncio precipitado. Ele vai permanecer no partido e vai acompanhar todas as decisões. O Juarez é um homem de partido”.

SITUAÇÃO - Até o governador Blairo Maggi deu sua opinião sobre o imbróglio que se tornou o “acordo” entre Juarez Costa e Baiano Filho para a eleição municipal do ano que vem. Presidente do PR nacional e estadual, Maggi, fez questão de salientar que a candidatura do deputado representa a quebra do tão falado acordo firmado entre Juarez e Baiano. “Cada partido tem direito a lançar quem quiser. Mas o Juarez tem um compromisso com o Baiano e se ele se candidatar, estará descumprindo com a palavra”, declarou Maggi ao Diário.





Fonte: Diário de Cuiabá

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/219148/visualizar/