Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Quarta - 06 de Junho de 2007 às 05:14

    Imprimir


Um juiz que anunciou que processaria uma tinturaria de Washington (EUA) por causa de suas calças, que foram perdidas há dois anos, reduziu o valor da indenização pedida, de US$ 67 milhões para "apenas" US$ 54 milhões.

A ação, aberta no último dia 30 de maio e divulgada ontem pelo próprio juiz, se baseia em uma série de cartazes expostos na loja, que "garantiam satisfação" com o resultado e ofereciam "serviço para o mesmo dia".

Roy L. Pearson, especializado em direito administrativo, disse que em vez de solicitar uma indenização de acordo com a lei de proteção ao consumidor de Washington, vai processar a tinturaria por fraude, indução ao erro e descumprimento do serviço prometido ao cliente.

Em resposta, Chris Manning, o advogado de Jin Nam Chung, Soo Chung e Ki Chung, proprietários da tinturaria, disse que as mensagens só podem ser consideradas uma fraude se induzirem ao erro uma pessoa "razoável".





Fonte: EFE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/223332/visualizar/