Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Sexta - 01 de Junho de 2007 às 14:46
Por: Jesiel Pinto

    Imprimir


A Secretaria de Estado de Saúde inicia, no dia 02 de Junho (sábado), mutirão de atendimento aos portadores de problemas na comunicação (fala) ou com dificuldade de alimentação, aos pacientes que já passaram por triagem e estão devidamente cadastrados. Segundo a diretora do Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Correa (Cridac), informa que, neste dia dois serão atendidos 40 pacientes que receberão atendimento especial conforme a definição das prioridades e necessidades desses usuários idenficados nos pré-atendimentos.

Para realizar o atendimento em forma de mutirão serão utilizados os serviços de 6 fonoaudiólogos que, voluntariamente e sob a coordenação técnica da fonoaudióloga Gabriela Cabral, trabalharão neste sábado (02/06) e nos próximos (09 e 16) e que utilizarão várias técnicas da fonoaudiologia na recuperação da fala e que passarão por estágios, culminando no laboratório de voz, que inclui na terapia o uso de computadores e a ludoterapia (usando brinquedos). A equipe trabalhará sempre a partir de 8 horas da manhã. Este atendimento será realizado através de um acolhimento com um programa de triagem fonoaudiológica e condutas específicas para cada caso.

“Vamos descobrir, neste mutirão de atendimento, o grau do problema de fala que os usuários apresentam e se esse problema precisa de tratamento com procedimentos de média ou alta complexidade por parte do Cridac ou se pode ser direcionado a outra unidade descentralizada para atendimento de baixa complexidade, tanto no sistema de Saúde Estadual quanto Municipal. Já o problema que muitos portadores de deficiência da fala enfrentam na ingestão de alimentos vão ser detectados pelas equipes, com diagnóstico, e encaminhados a tratamento passando por equipe multidisciplinar,” explicou Lucia Provenzano.

A diretora ressaltou que as 98 Unidades Descentralizadas de Reabilitação (UDRs) espalhadas pelos municípios de Mato Grosso estão habilitadas para cuidar desses casos. “No interior já estamos cuidando desses casos de Atenção Básica. Apenas os casos de Média e Alta Complexidade estão sendo encaminhados para a nossa sede, em Cuiabá”, ressaltando ainda que o Ministério da Saúde destinou recursos para a capacitação dos servidores e para a expansão da rede de Unidades Descentralizadas de Reabilitação para o ano de 2007.

“O Ministério da Saúde já liberou duas remessas de recursos para uso na área de reabilitação. Na primeira liberação foram R$ 108 mil para serem usados na capacitação dos profissionais das Unidades Descentralizadas de Reabilitação. Uma outra liberação de recursos, de R$ 198 mil, foi destinada para a compra de equipamentos para a abertura de mais 13 UDRs nos municípios do interior do Estado”, concluiu a diretora.





Fonte: Assessoria/Ses-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/224213/visualizar/