Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Segunda - 14 de Maio de 2007 às 04:49

    Imprimir


O vírus HIV consegue evitar a ativação do sistema imunológico quando interage com as células dendríticas, um tipo de célula de imunização que se encontra habitualmente sob as mucosas e se encarrega de vigiar a entrada de algum agente patogênico no organismo.

Segundo revela um estudo publicado hoje pela revista científica britânica Nature, a interação entre o HIV e as dendríticas impede que estas células, que representam 1% do total de linfócitos e desempenham um papel crucial para iniciar a resposta imune, possam ativar o sistema imunológico.

Dirigida por Alison Simmons, do Instituto de Medicina Molecular Weatherall, da universidade inglesa de Oxford, a pesquisa avaliou o efeito da interação entre o HIV e o DG-SIGN, um receptor proteínico que se encontra na superfície das células dendríticas.

Segundo os resultados do estudo, esta interação não só impede que as células dendríticas possam desenvolver a resposta imune, mas aumenta a possibilidade de propagar o vírus aos próximos linfócitos T. Os linfócitos são os responsáveis pela resposta imune das células e pelas funções de cooperação para o desenvolvimento de todas as formas de resposta imunológica.

Por isso, ao ser infectado pelo HIV, multiplica-se a produção do vírus. Os resultados deste novo relatório revelam como o HIV consegue evadir a atividade imunológica das células dendríticas e, ao mesmo tempo, amplifica a própria multiplicação do vírus.




Fonte: EFE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/227843/visualizar/