Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Terça - 24 de Abril de 2007 às 14:07

    Imprimir


A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realiza neste dia 25 de abril, quarta-feira, leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) para 244.513 toneladas de algodão em pluma das safras 2006/2007 e 2007 - Aviso 271.

O prêmio de abertura é de R$ 0,753 por quilo.

A distribuição dos lotes será a seguinte: 68.701.000 kg para o Estado da Bahia; 168.000 kg para o Distrito Federal; 19.186.000 kg para o Estado de Goiás; 1.308.000 kg para o Estado do Maranhão; 133.385.000 kg para o Estado do Mato Grosso; 10.199.000 kg para o Estado do Mato Grosso do Sul; 6.039.000 kg para o Estado de Minas Gerais; 848.000 kg para o Estado do Paraná; 2.701.000 kg para o Estado do Piauí; 1.978.000 kg para o Estado de São Paulo.

O participante deverá, obrigatoriamente, comprovar a venda e o escoamento do algodão em pluma para qualquer localidade, sendo permitida a venda na mesma Unidade da Federação - UF somente para uma Indústria de Fiação em plena atividade e desde que possa comprovar a venda de produto beneficiado (fio).

Podem participar do leilão produtores rurais e/ou suas cooperativas localizados na UF de origem do lote de prêmio a ser arrematado, em quantidade compatível com a sua produção ou de seus cooperados ativos. Na data da realização do leilão, os participantes deverão estar devidamente cadastrados perante a Bolsa por meio da qual pretendam realizar a operação, e em situação regular no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores - SICAF, em situação regular perante o Sistema de Registro e Cadastro de Inadimplentes da Conab - SIRCOI e em situação regular perante o Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal - CADIN. Os sócios do arrematante deverão estar, também, em situação regular perante o SIRCOI e o CADIN.

Entende-se por participante o arrematante do prêmio, em nome do qual toda documentação será emitida. Cada participante só poderá fazer-se representar por intermédio de uma única Bolsa e um único corretor, num mesmo lote. O participante não poderá realizar operação de venda a um comprador do qual faça parte da empresa como proprietário ou sócio. Esta situação não se aplica ao arrematante na condição de Cooperativa.





Fonte: 24HorasNews

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/230788/visualizar/