Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Segunda - 26 de Fevereiro de 2007 às 06:53

    Imprimir


Um levantamento do jornal O Estado de S. Paulo mostra que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a mais poderosa comissão da Câmara dos Deputados, possui 18,1% dos deputados, entre titulares e suplentes, sob investigação ou acusados em ações na Justiça de cometerem algum tipo de crime ou irregularidade.

Conforme levantamento em tribunais superiores e de primeira instância, 21 dos 116 estão nessas condições. Da comissão fazem parte, por exemplo, João Paulo Cunha e José Genoino, ambos do PT-SP denunciados pelo Ministério Público (MP) como integrantes do esquema do mensalão.

A CCJ é responsável por uma espécie de controle de qualidade preliminar, que analisa todos os projetos de lei produzidos no Legislativo, verificando se os textos são compatíveis com as disposições da Constituição e a boa técnica legislativa.

A comissão é capaz de barrar a tramitação de um projeto considerado inconsistente. Ela também é acionada por parlamentares que enfrentam processos de cassação em análise no Conselho de Ética.




Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/239969/visualizar/