Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Esportes
Domingo - 19 de Novembro de 2006 às 08:48

    Imprimir


A reedição da decisão da Liga Mundial 2006 teve um final diferente. A bela vitória daquele dia não se repetiu neste domingo. A França surpreendeu e, de virada, derrotou o Brasil por 3 sets a 1, com parcias de 20/25, 25/22, 25/23 e 29/27, acabando com a incencibilidade da seleção brasileira no Campeonato Mundial.

Nesta segunda, dia 20 de novembro, o time de Bernardinho terá folga, mas volta à quadra na terça-feira, às 5h (horário de Brasília), para enfrentar a Austrália. A partida terá transmissão ao vivo da Rede Globo e do SporTV. A seleção brasileira busca o bicampeonato do Mundial.

O jogo

A seleção brasileira começou a partida de maneira arrasadora. Ataque certeiro, bloqueio eficiente e saque muito forçado. Os fundamentos estavam perfeitos, o que deixou a França em uma situação complicada. Sentindo a determinação dos brasileiros, os franceses arrisacaram tudo no saque, na esperança de quebrar o passe do Brasil. Porém, a defesa estava impecável. Giba foi o destaque da seleção na vitória do primeiro set: 25/20

O segundo set foi mais equilibrado. Os brasileiros começaram errando muito, o que reacendeu a vontade do adversário e permitiu a reação. A França do set anterior, desorganizada e desatenta, não era a mesma. Neste período, os franceses estavam melhores e jogando em cima dos erros do Brasil. O técnico Bernardinho gastou todos os seus pedidos de tempo na tentativa de acordar a seleção, mas foi em vão. 25/22 para a França.

O terceiro set mostrou a força das duas seleções. Embalados pela vitória no set anterior, os franceses fizeram um jogo duro com a seleção, que resistiu até quando pôde. Os fortes saques da França não permitiam que o passe brasileiro chegasse na mão do levantador Ricardinho. Sem muitas opções, a leitura do jogo da seleção brasileira ficou fácil e o adversário se aproveitou disso: 25/23.

O Brasil não voltou bem no quarto set. Os atacantes não conseguiram virar as bolas e, cada vez mais, a disposição do adversário em fechar a partida foi crescendo. Com esperanças de mudar o ânimo da seleção brasileira, Bernardinho tirou Giba e Rodrigão, colocando André Heller e Murilo. Samuel também paricipou e conseguiu equilibrar bastante o set, mas diante de uma França determinada, a seleção brasileira sucumbiu. No final, 29/27 para os franceses.

FRANÇA 3 x 1 BRASIL

(20/25, 25/22, 25/23 e 29/27)

FRANÇA: Pujol, Samica, Antiga, Granvorka, Hardy D. e Vandeleux. Líbero: Exiga Entraram: Kapfer e Kieffer Técnico: Philippe Blain

BRASIL: Giba, André Nascimento, Dante, Gustavo, Rodrigão e Ricardinho. Líbero: Escadinha

Entraram: Anderson, Marcelinho, André Heller, Murilo e Samuel Técnico: Bernardinho





Fonte: Globoesporte.com

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/259925/visualizar/