Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Esportes
Domingo - 22 de Outubro de 2006 às 15:03

    Imprimir


Um vice-campeonato e um quarto lugar no Grande Prêmio do Brasil, último da temporada e de sua carreira. Quando anunciou a aposentadoria em setembro, durante o final de semana da corrida em Monza, o alemão Michael Schumacher não esperava terminar sua carreira de forma diferente de tudo o que foi sua carreira, recheada de títulos e pódios.

Com 121 pontos na classificação final da temporada, o piloto da Ferrari encerrou a temporada 2006 na segunda colocação, atrás apenas do espanhol Fernando Alonso, bicampeão da Fórmula 1.

Durante todo o ano de 2006, Schumacher ficou atrás do piloto da Renault na classificação. Na primeira parte da temporada, apenas duas vitórias e algumas provas ruins, como na Malásia e em Mônaco.

Mas uma recuperação da equipe italiana na parte final fez com que o alemão voltasse a sonha com um encerramento de carreira à altura de toda a sua história.

E foram com vitórias, especialmente na Itália e na China, que a equipe Ferrari quase entregou o desejado fim de carreira ao alemão. No entanto, o motor do cavalinho rampante acabou deixando Schumacher na mão na prova do Japão, justamente quando tudo parecia perfeito.

No Brasil, uma missão muito difícil - que incluía uma vitória e Alonso fora da zona de pontuação - tornou-se quase impossível com o pneu furado logo na oitava volta, o que praticamente encerrou as poucas chances que o alemão ainda trazia com ele no cockpit.

Com o 5° lugar, Schumacher encerrou uma carreira vitoriosa, deixa fãs e pupilos órfãos, e sai da modalidade com a certeza de que permanecerá nos anais da Fórmula 1 como um demolidor de recordes e um dos melhores da história.





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/266618/visualizar/