Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Quarta - 18 de Outubro de 2006 às 07:33

    Imprimir


onze dias do 2º turno, os candidatos ao governo do Rio Grande do Sul, Olívio Dutra (PT) e Yeda Crusius, do PSDB, intensificam os ataques no horário eleitoral do rádio. No programa desta quarta-feira, o deputado federal Henrique Fontana (PT) disse que estava ao lado de Yeda na sessão da Câmara dos Deputados em que foi votada a flexibilização dos direitos trabalhistas, em 2001. "Eu fui contra, ela a favor. É preciso que cada um assuma os votos que fez ao longo da história", disse Fontana.

Ontem, a tucana mostrou no programa eleitoral da TV uma certidão com timbre da Câmara, e o locutor afirmou: "Yeda não votou contra os direitos dos trabalhadores".

O candidato petista dedicou parte do programa para salientar os apoios que recebeu de prefeitos gaúcho, inclusive de legendas que declararam apoio à tucana, como PMDB, PP e PTB. "Os municípios têm dificuldade de levar adiante políticas fundamentais para seu desenvolvimento local. O governo do Estado tem que ser parceiro, e não transferir responsabilidades", ressaltou Olívio, durante o encontro que teve com prefeitos esta semana, em Porto Alegre.

O locutor do programa eleitoral de Yeda Crusius avisou no início: "hoje vamos relembrar fatos para ajudar você a se decidir". Disse que Olívio assumiu o Estado com mais de R$ 1 bilhão no caixa único e, quando saiu, o rombo era de R$ 1,7 bilhão. "Com Yeda é diferente, ela é economista e irá recuperar as finanças do RS", afirmou.

O narrador relembrou também o episódio da Ford, que trocou o investimento no Estado pela Bahia e teria levado "100 mil empregos". "Além disso, para se eleger, Olívio prometeu acabar com os pedágios. Não só não cumpriu, como aumentou em mais de 30% as tarifas", completou.

Yeda ressaltou a necessidade de um ajuste fiscal nas contas públicas: "o dinheiro que sai do seu bolso precisa ser respeitado. Temos que administrá-lo da forma mais correta possível o dinheiro público. Tenho ao meu lado deputados que garantem a maioria na Assembléia Legislativa, para aprovar os projetos que melhorarão a vida dos gaúchos", salientou a tucana.





Fonte: terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/267770/visualizar/