Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Quarta - 11 de Outubro de 2006 às 07:17

    Imprimir


A Justiça Federal em Sinop (MT), a 500 km de Cuiabá, determinou que a Embaixada dos Estados Unidos informe no prazo de 10 dias em qual endereço no Brasil estão o piloto Joseph Lepore e o co-piloto Jan Paul Paladino.

O juiz federal Charles Renaud Frazão de Moraes também determinou que seja mantida a apreensão dos passaportes dos dois. Por ordem da Justiça Estadual de Peixoto de Azevedo, a PF já havia apreendido os documentos no início da semana passada, mas o Ministério Público Federal pediu a mesma providência ao juiz federal.

Moraes mandou ainda a PF registrar os nomes do piloto e do co-piloto entre as pessoas que estão impedidas de sair do país.

Conforme informações da Justiça Federal, a embaixada norte-americana precisará informar o local onde Lepore e Paladino estão no Brasil para que eles possam ser chamados a depor ou notificados de alguma decisão judicial. Lepore e Paladino estariam no Rio, em local mantido em sigilo, sob a proteção da embaixada.

DEFESA - Em nota, o advogado José Carlos Dias, que defende a ExcelAire e os pilotos do Legacy, disse que a empresa manterá a posição de agir com discrição e sensibilidade em respeito às famílias das vítimas e que vai cooperar com as autoridades que investigam o acidente.

Dias ressaltou na nota que a ExcelAire mantém a confiança na maneira como as autoridades vêm conduzindo as investigações e que os pilotos "estão confiantes que agiram corretamente" no caso.





Fonte: 24HorasNews

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/269320/visualizar/