Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Quarta - 20 de Setembro de 2006 às 16:41

    Imprimir


O senador Heráclito Fortes (PFL-PI) começou nesta quarta-feira a colher assinaturas para pedir a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar os repasses do governo federal a ONGs (Organizações Não-Governamentais). A oposição quer apurar se a ONG Unitrabalho, que tem como colaborador o petista Jorge Lorenzetti, teria recebido mais de R$ 18 milhões da União desde o início do governo Luiz Inácio Lula da Silva --como denuncia hoje a ONG Contas Abertas.

"Isso é um escândalo. Essas ONGs atuam no submundo, não sabemos que tipo de serviços elas prestam", disse Heráclito. Segundo a ONG Contas Abertas, dos R$ 18,5 milhões recebidos pela entidade, R$ 4,1 milhões teriam sido pagos pelo Ministério do Trabalho e pela Finep (Financiadora de Estudos e Projetos) na última quinta-feira --um dia antes de Valdebran Padilha e Gedimar Passos serem presos com cerca de R$ 1,7 milhões para a compra de dossiê contra candidatos tucanos.

Segundo o site Contas Abertas, as transferências em 2003 e 2004, feitas em favor da ONG que conta com o apoio de Lorenzetti, chegam a quase R$ 7 milhões.

Se conseguir reunir as assinaturas, Heráclito promete protocolar o pedido de abertura da CPI somente depois das eleições para que a oposição não seja acusada de tirar proveito eleitoral do assunto. "Não venham dizer que é questão eleitoral, pois vou dar entrada no pedido somente depois das eleições", disse Heráclito.

Investigações

A líder do PT no Senado, Ideli Salvatti (PT-SC), disse que a oposição se aproveita do período pré-eleitoral para sugerir a investigação das ONGs. Segundo a senadora, o maior período de liberação de recursos para entidades não vinculadas ao governo ocorreu na gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. "Essa terceirização começou no governo anterior", disse a senadora.

Segundo Ideli, o governo não tem nenhum informação sobre a origem dos recursos que seriam supostamente usados na compra do dossiê. "Queremos que a Polícia Federal esclareça essa origem. E temos certeza de que isso vai ocorrer", afirmou.





Fonte: Folha Online

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/274533/visualizar/