Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Quarta - 20 de Setembro de 2006 às 09:47

    Imprimir


O primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair, deseja um breve restabelecimento da democracia na Tailândia, depois do golpe de Estado cometido na terça-feira pelos militares tailandeses, disse hoje seu porta-voz oficial.

"Desejamos ver o retorno da democracia tão logo quanto for possível. Há eleições programadas para outubro e novembro e, obviamente, estamos tentando averiguar se esse pleito sairá adiante ou não", disse o porta-voz.

A mesma fonte confirmou que o deposto primeiro-ministro tailandês, Thaksin Shinawatra, deve chegar hoje a Londres, como anunciou antes o Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido.

"Acho que (o deposto primeiro-ministro) está em um avião que aterrissará hoje em Londres. Também acho que tem parentes em Londres, mas não houve nenhuma solicitação para uma reunião (com o Governo britânico)", disse o porta-voz.

"O primeiro-ministro tailandês - acrescentou - chegará aqui em visita particular. Já esteve aqui antes e fez visitas privadas".

Depois do levante militar, Shinawatra cancelou na terça-feira o discurso que faria na Assembléia Geral da ONU.

O Executivo britânico desmentiu assim a notícia publicada pelo jornal tailandês "The Nation", que afirmava que o deposto primeiro-ministro já tinha chegado hoje a Londres acompanhado de uma pequena comitiva.

Segundo o jornal, Shinawatra, que comprou há alguns meses uma mansão em Londres, tinha voado à capital britânica em um avião de uma companhia russa, acompanhado pelo vice-primeiro-ministro, Surakiart Sathirathai, candidato tailandês à Secretaria-Geral da ONU.

A cúpula militar que deu o golpe de Estado contra o primeiro-ministro tailandês anunciou hoje que um Governo interino permanecerá um ano no poder, e que convocará eleições em outubro de 2007.





Fonte: EFE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/274657/visualizar/