Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Sábado - 16 de Setembro de 2006 às 21:30

    Imprimir


Cinco equipes especializadas da Polícia Federal testam, segunda-feira (18), o esquema de segurança montado para a 75ª Assembléia Geral da Interpol, a polícia internacional. O encontro começa terça (19) e vai até sexta-feira (22), no Forte de Copacabana, no Rio.

De acordo com a Polícia Federal, durante os testes, dois helicópteros voarão com quatro atiradores de elite, cada, que estarão preparados para realizar desembarque rápido utilizando corda. O patrulhamento do local ficará a cargo do Núcleo Especial de Polícia Marítima (Nepom), que vai atuar com duas lanchas armadas com metralhadoras e equipadas com radares e navegação eletrônica. Também participam da operação três embarcações com motores velozes para abordagem em alto-mar.

Ainda durante os testes, haverá demonstração dos equipamentos usados em neutralização de artefatos explosivos, como o canhão d''água, que é uma espécie de espingarda, com água e pólvora.

A Polícia informou que este é o maior esquema de segurança desde a realização da Rio-92, a conferência mundial das Nações Unidas sobre meio ambiente e desenvolvimento.

Pela segunda vez, nos 83 anos de história da Interpol, o Brasil vai ser sede da reunião anual mais importante da organização. Participarão do encontro 551 delegados de 118 países, que vão discutir o combate ao avanço dos crimes cibernéticos, crimes financeiros, tráfico de drogas pela internet, tráfico de seres humanos, pedofilia, combate à corrupção, ao crime organizado e ao terrorismo.

A Interpol foi criada em 1923 para facilitar a cooperação entre policiais de vários países na prevenção e combate ao crime internacional. Com sede na França, a instituição atua no Brasil em parceria com a Polícia Federal para facilitar o alcance de criminosos além das fronteiras.





Fonte: Agência Brasil

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/275450/visualizar/