Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quinta - 14 de Setembro de 2006 às 15:57
Por: Nelson Francisco

    Imprimir


Colíder, MT – Conciliar o cultivo de espécies florestais lenhosas, animais e espécies agrícolas numa mesma área com aproveitamento múltiplo. Resumidamente, é nisso que consiste os denominados sistemas agroflorestais que o Governo do Estado vai estimular nas regiões como forma de promover o desenvolvimento sustentável.

A recomendação foi feita pelos secretários Clóves Vettorato (Desenvolvimento Rural), Luiz Henrique Daldegan (adjunto de Meio Ambiente) e o presidente da Empaer, Aréssio Paquer, no 1º Encontro Regional Sobre Sistemas Florestais, que encerrou nesta quinta-feira (14.09), em Colíder (650 km ao Norte de Cuiabá).

Promovido pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de Colíder, o encontrou reuniu produtores rurais, pesquisadores e estudantes da Universidade de Cuiabá (Unic) e Faculdade de Colíder (Facider).

Na abertura do encontro, Paquer defendeu a diversificação da produção na pequena propriedade com assistência técnica. “Nós precisamos de um sistema de produção para a pequena propriedade e que esse sistema não sobreviva só com uma cultura”, disse o presidente da Empaer.

Nas palestras, o professor da Universidade de Mato Grosso (Unemat), Rubens Marques Rondon, os pesquisadores da Empaer e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), David da Silva, e Vanderlei Porfírio da Silva, respectivamente, assinalaram que os sistemas agroflorestais, além de variáveis, são muito flexíveis, permitindo a utilização de espécies e ecossitemas de todo o mundo. Essa flexibilidade, ao mesmo tempo em que gera uma liberdade de ação para o produtor, impossibilita apelação a qualquer tipo de manual ou "receita" sobre qual a melhor maneira de se implantar e conduzir o sistema.

Segundos os pesquisadores, para cada local deve ser encontrado um manejo específico e preferencialmente baseado nos princípios agroecológicos, a fim de garantir a produção de alimentos de alta qualidade biológica aliada à uma estabilidade ecológica e sócioeconômica da produção no longo prazo. Ajustando-se de acordo com o tamanho da propriedade e com o nível econômico dos gerenciadores do sistema, os sistemas florestais podem atender desde agricultores familiares em pequenos hortos caseiros até grandes empresas em plantações florestais.





Fonte: Da Assessoria

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/275874/visualizar/