Repórter News - reporternews.com.br
Meio Ambiente
Sexta - 01 de Setembro de 2006 às 07:55

    Imprimir


A tempestade tropical Ernesto atingiu na quinta-feira, quase com a força de um furacão, o Estado da Carolina do Norte, provocando inundações em regiões costeiras, mas não há registro imediato de vítimas.

O centro da Ernesto atingiu Long Beach com ventos de até 113 quilômetros por hora, pouco abaixo dos 199 quilômetros por hora que marcam a classificação de "furacão", disse o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA.

"O pior é a chuva. Está chovendo copiosamente no sudeste e provavelmente vai continuar, conforme (a tempestade) seguir em seu caminho para o norte", disse o meteorologista Michael Caropolo, do National Weather Service — o serviço de previsão climática dos EUA.

Há registros de inundações e de vias fechadas perto de Wilmington, na Carolina do Norte, disse Caropolo. Ele afirmou que caiu até 30 centímetros de chuva no condado de Brunswick, na divisa com a Carolina do Sul.

A tempestade Ernesto deverá manter sua força nesta sexta-feira, conforme segue para o norte através da região leste da Carolina do Norte, a 24 quilômetros por hora, com ventos de até 106 quilômetros por hora, na direção de Virgínia.

Patty McQuillan, porta-voz do Departamento de Controle de Crime e Segurança Pública da Carolina do Norte, confirmou as inundações, mas disse que "até agora não há mortos nem feridos". A tempestade Ernesto passou pela Flórida na quarta-feira, depois de tornar-se o primeiro furacão desta temporada no Atlântico, perto do Haiti.

O governador da Carolina do Norte, Mike Easley, e da Carolina do Sul, Mark Sanford, chamaram tropas da Guarda Nacional para lidar com a tempestade.

A Carolina do Norte mandou equipes de resgate para o centro e para o leste do Estado, e colocou helicópteros em alerta.

Os portos estaduais da Carolina do Norte, em Wilmington e Morehead City, foram fechados por causa da tempestade, disse a Guarda Costeira.

A tempestade Ernesto estava seguindo na direção norte-nordeste a 25 quilômetros por hora e a previsão era de perda de velocidade e de redirecionamento ao norte nas próximas 24 horas, disse o centro de furacões às 2h (04 em Brasília).

A tempestade Ernesto chegou a ter potencial para chegar à Flórida como furacão da Categoria 3 na escala Saffir-Simpson de intensidade de furacões, que vai até a 5. Mas chegou muito mais fraco e provocou poucos danos no Estado.





Fonte: Reuters

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/278480/visualizar/