Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Quarta - 23 de Agosto de 2006 às 13:17

    Imprimir


A União Européia aprovou nesta segunda-feira, em Bruxelas, medidas restritivas para o transporte e o comércio de ruminantes em uma área de 150 km em torno de focos de língua azul descobertos na Holanda, Bélgica e Alemanha.

As medidas, adotadas por especialistas veterinários dos 25 países da União Européia (UE), após uma proposta da Comissão Européia (braço executivo da UE), dizem respeito à maior parte da Holanda e da Bélgica, todo Luxemburgo e a partes de regiões alemãs nas fronteiras com estes países.

Entre as ações está a proibição das exportações de ruminantes vivos (bovinos, ovinos, caprinos) e de matérias vivas (embriões, esperma, células) destes animais na zona de vigilância estabelecida. Os transportes de gado nesta região ficarão restritos.

Na quinta-feira passada, as autoridades holandesas haviam decretado uma suspensão imediata das exportações de ruminantes, após terem diagnosticado a doença em duas ovelhas em um estabelecimento pecuarista de Kerkrade, Sudeste da Holanda.

Em seguida, casos da doença foram detectados na Bélgica e na Alemanha. A língua azul é uma infecção viral transmitida pela fêmea do mosquito Culicoide, causa febre alta, inchaço na cabeça e deixa a língua do animal com tom azulado. Não apresenta qualquer risco de transmissão para os seres humanos. Esta é a primeira vez que o mal é diagnosticado no norte da Europa.





Fonte: Olhar Direto

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/281092/visualizar/