Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Quarta - 02 de Agosto de 2006 às 19:08

    Imprimir


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou na noite desta quarta-feira que confia mais em uma Constituinte para fazer uma reforma política que atenda às demandas da sociedade do que nos parlamentares da legislatura atual. Ele defendeu que o debate da reforma política tenha início logo após as eleições de outubro.

A proposta de uma Assembléia Constituinte com finalidade específica foi apresentada nesta manhã ao presidente por um grupo de juristas com ex-presidentes da Organização dos Advogados do Brasil (OAB). A entidade vai discutir o tema em reunião do Conselho Federal no domingo.

"Vejo com muita simpatia essa tese. Ou seja, eu tenho dúvida se o Congresso Nacional consegue aprovar uma reforma política que possa contentar os anseios da sociedade porque, no momento, o Congresso pode votar uma reforma política que atenda os interesses do próprio Congresso", disse o presidente em entrevista ao canal de televisão SBT.

"Eu disse para eles que não pode ser iniciativa do governo, tem que ser iniciativa da sociedade. A sociedade pode utilizar o governo como indutor para levar ao Congresso Nacional", afirmou Lula. O Poder Executivo não pode, pela lei, determinar uma Constituinte, o que cabe ao Congresso.

"Eu, particularmente, estou convencido de que precisamos começar a discutir a reforma política assim que terminar a eleição e, se houver a possibilidade de a sociedade reivindicar uma Constituinte ao presidente da República, pode ficar certo que encaminharei ao Congresso Nacional", declarou.





Fonte: Reuters

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/285869/visualizar/