Repórter News - reporternews.com.br
Meio Ambiente
Quinta - 13 de Julho de 2006 às 17:36
Por: Nelson Francisco

    Imprimir


O Município de Rondonópolis (210 km ao Sul de Cuiabá) vai estimular o desenvolvimento florestal em atividades de reflorestamento na região Sul do Estado. Para tanto, já busca tecnologia de ponta para o setor no mercado nacional.

Nesta quinta-feira (13.07), os secretários Clóves Vettorato (Desenvolvimento Rural), Alexandre Furlan (Indústria e Comércio), o prefeito Adilton Sachetti (PPS) e o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico de Rondonópolis, Hélio Razia, visitaram em Aracruz (ES) a unidade de plantio e cultivo de mudas de eucalipto da Aracruz Celulose, empresa brasileira líder mundial na produção de celulose branqueada da árvore. Lá, são produzidas 41 milhões de mudas por ano.

A comitiva de Mato Grosso, que já iniciou contatos visando tomar conhecimento desta tecnologia, foi recebida pelo diretor de operações da Aracruz, Valter Lídio Nunes, e o diretor do departamento de engenharia da indústria, Renato Perez. “A Aracruz tem a melhor tecnologia de produção de eucalipto do Brasil”, constatou Vettorato.

De acordo com a assessoria, a Aracruz responde por cerca de 30% da oferta global do produto, destinado à fabricação de papéis de imprimir e escrever, papéis sanitários e papéis especiais de alto valor agregado.

Conforme a assessoria, suas operações florestais alcançam os Estados do Espírito Santo, Bahia, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, com aproximadamente 261 mil hectares de plantios renováveis de eucalipto, intercalados com cerca de 139 mil hectares de reservas nativas, que são fundamentais para assegurar o equilíbrio do ecossistema.

A empresa estimula o plantio de eucalipto por terceiros através do Programa Produtor Florestal, que abrange cerca de 81 mil hectares contratados com mais de 3 mil produtores rurais no Espírito Santo, Bahia, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, cujos contratos são 24 hectares em cada contrato.

Sua capacidade nominal de produção, de cerca de 3 milhões de toneladas anuais de celulose branqueada de fibra curta de eucalipto, está distribuída pelas Unidades Barra do Riacho - ES (2,1 milhões de t), Guaíba - RS (430 mil t) e Veracel - BA (450 mil t, ou metade da capacidade total da unidade).





Fonte: Da Assessoria

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/289369/visualizar/