Repórter News - reporternews.com.br
Polícia Brasil
Quarta - 05 de Julho de 2006 às 07:59

    Imprimir


A Promotoria de Neubrandenburg, no estado federado de Meclemburgo-Pomerânia Ocidental (nordeste da Alemanha), informou hoje que o bebê encontrado morto no fim de semana passado no freezer de uma casa de Neustrelitz foi estrangulado.

Esta é a conclusão da autópsia realizada no cadáver, segundo a Promotoria. A mãe, de 21 anos, confessou à Polícia que manteve sua gravidez em segredo e que deu à luz em fevereiro, mas que o bebê nasceu morto.

No entanto, o relatório policial sustenta que a criança nasceu viva, foi estrangulada e seu corpo ficou congelado durante meses em um freezer porque a mãe "não queria simplesmente tirá-lo dali", como a jovem explicou à Polícia.

O promotor assegura que ainda não estão claros os motivos que levaram a jovem a estrangular seu bebê, mas poderiam ser o medo que tinha de perder seu emprego e da vida que levaria tendo um filho para criar.

Segundo as primeiras investigações realizadas pela Polícia, uma irmã da jovem encontrou o corpo do bebê no freezer enrolado em um pedaço de pano e dentro de um saco plástico. A irmã informou seus pais da descoberta e estes chamaram a Polícia.

Recentemente vários bebês foram encontrados em congeladores na Alemanha. Em Baiersdorf, no estado federado da Baviera, a polícia descobriu o corpo de um recém-nascido morto pela sua mãe logo depois de nascer. Em Cottbus, no estado federado de Brandemburgo, os pais esconderam o corpo de seu filho durante dois anos e meio em um congelador. Os pais deixaram o menino morrer de fome.





Fonte: EFE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/290770/visualizar/