Repórter News - reporternews.com.br
Esportes
Sexta - 30 de Junho de 2006 às 21:20

    Imprimir


Miroslav Klose, autor do gol com o qual a Alemanha empatou em 1 a 1 com a Argentina nesta sexta-feira, pelas quartas-de-final da Copa do Mundo, e que levou a decisão para a prorrogação e disputa de pênaltis, reconheceu que sua equipe teve "um pouco de sorte".

"Foi muito difícil, não tínhamos muito apoio do meio-campo nem muito espaço para jogar. Isso funcionou melhor no segundo tempo. Acho que tivemos um pouco de sorte na disputa de pênaltis", comentou o jogador do Werder Bremen, de 28 anos.

Klose explicou por que foi substituído no final do tempo regulamentar. "Senti dores no choque com o goleiro rival. Não tinha sentido continuar jogando."

O goleiro da seleção alemã, Jens Lehmann, herói da classificação de sua equipe para as semifinais da Copa, não quis cair na euforia, e lembrou que a Mannschaft ainda não conquistou nada.

Lehmann defendeu os pênaltis cobrados por Roberto Ayala e Esteban Cambiasso. "Como goleiro da Alemanha, tenho que impedir os gols. Os quatro jogadores alemães também marcaram, tudo isso é fantástico. As pessoas podem festejar, mas eu já penso em me preparar para o jogo de terça-feira", comentou.

O capitão da seleção alemã, Michael Ballack, afirmou que a vitória foi merecida. "Foi sensacional. Em uma vitória por pênaltis, a sorte é sempre importante, mas acho que merecemos a vitória. A partida não foi atraente para o público, porque não houve muitas oportunidades, mas em termos táticos, foi de alto nível", afirmou.





Fonte: AFP

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/291546/visualizar/