Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Domingo - 18 de Junho de 2006 às 21:10

    Imprimir


Forças britânicas avançaram por território sem lei no sul do Afeganistão de forma mais rápida do que se esperava, segundo disse um comandante britânico neste domingo. As tropas teriam montado postos em cidades que há décadas não contavam com nenhuma segurança.

O brigadeiro Ed Butler, comandante das tropas britânicas no Afeganistão, afirmou à imprensa que os seus homens estão dois meses adiantados em relação ao previsto para o avanço pelas remotas montanhas da província de Helmand.

O plano era chegar às cidades da região, que abriga postos remotos, apenas em agosto.

"Já fizemos bem mais do que pensávamos. Desafiamos o clima de insegurança em mais lugares do que pensávamos", declarou Butler.

"Há dois meses, Helmand parecia ameaçadora. Parece menos agora", disse.

Segundo Butler, as forças britânicas mataram de 20 a 30 combatentes do Taliban nos últimos meses, numa série de operações, incluindo aéreas. OTAN

Milhares de soldados britânicos e canadenses que chegaram ao sul do Afeganistão neste ano tomam agora parte da operação "Mountain Thrust" para avançar pelas montanhas da região. Oficiais norte-americanos descreveram a operação liderada pelos Estados Unidos como uma das maiores ofensivas deles em anos.

Os britânicos e os canadenses preparam a espinha dorsal de uma força de paz da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). A expectativa é que os EUA passem o controle das operações contra a insurgência para essa força da Otan.

Até a transferência de comando, os britânicos e os canadenses estão sob a liderança dos norte-americanos. Tal fato aumentou nos dois países a preocupação de que as suas tropas poderiam se envolver em operações militares mais agressivas do que as já feitas pela Otan em outras regiões afegãs.

Butler afirmou que o número crescente de confrontos envolvendo as tropas pode ser visto como um sinal do sucesso britânico no avanço província adentro.

"A coalizão está indo a mais lugares. Então, temos encontrado mais combatentes do Taliban", afirmou. "Eles estão com menos lugares para se esconder."

Antes do Reino Unido enviar 2.200 homens para Helmand — província responsável por um quarto da produção de ópio do Afeganistão— tinha somente um pequeno contigente de norte-americanos.

Os britânicos também mandaram homens para a vizinha Kandahar. Espera-se que a força da Otan suba para 6.000 homens nos próximos meses. A maior presença da Otan vai permitir que os EUA reduzam o seu contigente no Afeganistão.





Fonte: Reuters

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/293949/visualizar/