Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quarta - 14 de Junho de 2006 às 13:31
Por: Maria Clara Cabral

    Imprimir


O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), leu na tarde desta terça-feira, durante sessão conjunta do Congresso, o requerimento de instalação da CPI dos Sanguessugas. A comissão tem como intuito investigar esquema de desvio de recursos do Orçamento da União por meio da compra de ambulâncias superfaturadas e será composta por 17 senadores e 17 deputados.

Segundo o requerimento, a nova CPI terá duração de 180 dias, mas como há acordo entre os líderes partidários, ela deve durar apenas 30 dias, prorrogáveis por mais 30. Renan deu o prazo para que até a próxima terça-feira, dia 20, os partidos indiquem os integrantes da Comissão. "Vou fazer a minha parte, espero que eles façam a parte deles. Se eles não o fizerem, eu mesmo indicarei os nomes", explicou Renan.

Questionado se a CPI terá dificuldades de ter andamento, devido a época de Copa do Mundo, eleições e festas juninas, o presidente do Senado fez um pedido: "Apelo para quem quis a instalação da CPI trabalhe para que tenha quórum e para que as investigações andem com tranqüilidade".

Os parlamentares têm até as 12h de hoje para retirar as assinaturas, caso mudem de idéia. Renan informou ainda que a Comissão será presidida por um deputado e terá na relatoria um senador. A briga agora está com os partidos para indicar os membros. O requerimento para a instalação da CPI foi apresentado pelo deputado Raul Jungmann (PPS-PE) e teve apoio, principalmente, de parlamentares do PPS, PV e PSol.





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/294776/visualizar/