Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 06 de Junho de 2006 às 06:40
Por: Carlos Martins

    Imprimir


São Paulo, SP – A reunião entre a secretária de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur) de Mato Grosso, Yêda Assis, e o ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia, rendeu bons frutos para o Estado. Durante o encontro, no Salão do Turismo, o ministro anunciou a liberação de R$ 1,2 milhão para a execução de vários projetos em Nobres (126 km a Médio Norte de Cuiabá). Walfrido também irá conversar com a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, visando à regularização dos atrativos turísticos do município.

A verba será usada para obras de infra-estrutura, como o plano de manejo das grutas do Parque Estadual da Gruta da Lagoa Azul, para a construção do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) e do acesso à gruta da Lagoa Azul.

“Nobres é um projeto prioritário para o ministério. Queremos ajudar Mato Grosso a transformar as atrações num produto turístico competitivo em nível nacional e internacional”, disse o ministro Walfrido dos Mares Guia. O ministro vai aproveitar a visita da ministra Marina Silva nesta terça-feira (06.06) no Salão do Turismo (último dia do evento), para discutir a rápida regularização das licenças que estão impedindo o funcionamento do parque.

“O ministro também vai agilizar os projetos que estão protocolados no ministério do Turismo”, informou a secretária Yêda Assis, que ficou satisfeita com os resultados do encontro. Para o presidente da Abav/Mato Grosso, Vicente Campos, esta resolução do ministro vem ao encontro dos interesses da comunidade local, junto aos pequenos empresários locais e agentes receptivos de Mato Grosso. “O produto ´Nobres` vai destacar Mato Grosso em função de suas belezas naturais, gerando emprego e distribuindo renda para uma comunidade carente de oportunidades no mercado de trabalho”, observou.

O complexo de cavernas localizado no Parque Estadual da Gruta da Lagoa Azul é um importante atrativo turístico localizado no Pólo Cerrado. Para evitar a depredação, devido ao turismo desordenado, a área foi interditada para visitação em maio de 1999 por meio de uma portaria do Ibama. Em junho de 2000, o local passou a ser administrado pelo Estado, por meio do decreto 1.472 que criou o parque.

Trinta moradores de Nobres já foram capacitados pela Sedtur para trabalharem como condutores de visitantes assim que o parque for reaberto. O treinamento foi viabilizado mediante parceria com a prefeitura, Secretaria de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur), Meio Ambiente (Sema), Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Incra, Ibama e Instituto de Pesquisa Curupira/Araras (Ipeca).





Fonte: Da Assessoria

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/296562/visualizar/