Repórter News - reporternews.com.br
Esportes
Segunda - 29 de Maio de 2006 às 07:09

    Imprimir


O Operário é campeão. é o 14º título da história do clube de Várzea Grande que já mudou de nome várias vezes mas sempre manteve as mesmas cores na camisa. E a conquista foi de forma brilhante, uma vitória de 2 a 1, de virada em plena Barra do Garças contra o Barra que estava com o apoio de sua torcida

O Barra entrou em campo sabendo que precisava vencer e foi com tudo para o ataque. Começou de forma avassaladora, encurrlamengo do Operário e tentando o primeiro gol logo nos primeiros minutos.

A estratégia do técnico João Francisco deu certo. Aos 17 minutos conseguiu o primeiro gol levando sua torcida a acreditar que poderia conquistar o inédito título. Alexandre foi o autor do gol.

Mas a alegria do Barra durou apenas seis minutos. O Operário que podia até perder por diferença de um gol que seria campeão resolveu ir para o ataque e mostrou a pinta de campeão ao empatar o jogo. Foi uma jogada de velocidade fez o empate com Odil, que se aproveitou de um bom lançamento de Rinaldo,

Depois deste gol, o Operário passou a dominar o jogo, a criar jogadas de velocidade e de gols, mas acabou empatando o primeiro tempo.

Na fase complementar, o Barra, desesperado foi para o ataque, na tentativa de fazer dois gols. Mas não conseguia criar e entrar na defesa operariana, que se mantinha firma na marcação e jogava em velocidade procurando o gol que daria o título com uma vitória espetácular. Foi assim que aos 17 minutos virou o jogo para alegria dos pouco mais de 200 torcedores que se deslocaram de Várzea Grande para Barra do Garças. O artilheiro Rinaldo fez o gol da vitória e do 14º título do clube. Foi também o 14º de Rinaldo que se isolou na liderança da artilharia do Estadual.

Vencendo o Operário passou a tocar mais a bola enquanto que o Barra pouco conseguia produzir em campo. E de toque em toque o Operário quase fez o terceiro gol com Rinaldo, aos 40 minutos. Depois foi só controlar a ansiedade e esperar o apito final para comemorar a conquista de mais um título, que leva a equipe para a disputa do campeonato brasileiro da Série C e da Copa do Brasil.

BARRA - 1

Carlão; Leonardo (Jonathan), Márcio, Cristino Milhomen e Ivan; Eder, Roberto Alves, Alexandre e Duduzinho; Lourival e Luiz Ricardo. Técnico – João Francisco OPERÁRIO -2

– Ernandes; Ataliba, Maurício Canhão, Fabiano, Fábio Pastor; Edson Nascimento (Luiz Fernando), Rafael, Wender eOdil (Simoni), Rinaldo e Ronaldinho Paulista (Toni). Técnico – Carlos Rufino

Gols - Alexandre, aos 17 e Odil, aos 23 minutos do primeiro tempo e Rinaldo, aos 17 minutos do segundo tempo Árbitro – Luiz Alberto Dip Renda – Não foi fornecida Público – Não foi fornecido





Fonte: 24Horas News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/298285/visualizar/