Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Sábado - 27 de Maio de 2006 às 07:18

    Imprimir


O editor-chefe do jornal Diário da Serra, jornalista Nilson de Andrade, confirmou nesta sexta-feira (26) ao site Tangará Repórter, que tomou conhecimento da vaia que o prefeito de Tangará da Serra Júlio César Ladeia (PL), recebeu de servidores públicos pôr ocasião do desfile cívico que comemorava o 3º aniversário do Município, pôr meio de um telefona de celular, feito pelo assessor de imprensa da prefeitura, estudante Marcos Figueró.

Na presença de testemunhas, entre elas, o secretário municipal de educação de Tangará, professor José Paulo de Jesus, o jornalista contou como recebeu a notícia. Ele disse que já era tardinha quando seu telefone tocou e ao atender, o assessor Marcos Figueró, lhe contou como alguns servidores públicos do município que estavam em greve na ocasião, entoaram uma vaia contra o prefeito Júlio César Ladeia.

Nilson Andrade disse ter ficado surpreso, pois não esperava receber aquela notícia, e da forma como foi colocada, de alguém que aparentemente tem se posto ao lado do chefe do executivo. O jornalista contou também ao secretário de Educação, que como não demonstrou muita atenção para o que dizia o assessor, parece ter forçado o mesmo a fazer uma segunda ligação: desta feita, para o proprietário do Jornal.

Em face da evidência da notícia, o jornalista Nilson Andrade escreveu uma nota sobre o assunto, abordando também outros momentos de constrangimentos que o prefeito havia sofrido pôr ocasião da Exposserra. Ele disse que se não tivesse recebido o telefonema de Marcos Figueiró, jamais teria até lembrado em relatar o assunto com os leitores do site do Jornal, como fez.

O secretário de Educação José Paulo de Jesus reagiu de imediato a atitude fria e ofensiva do assessor de imprensa com o prefeito Júlio César Ladeia. José Paulo é um dos pilares da atual administração, pôr isso e outras razões é também um dos maiores amigos particulares do prefeito. É Natural que ele tenha ficado indignado com o que ouviu do editor do Diário da Serra.

José Paulo aproveitou o ensejo e informou que uma parceria que estava para ser firmada entre a Secretária de Educação e uma agência de notícias da cidade não chegou a se concretizar porque Marcos Figueiró fez tudo para atrapalhar. E Atrapalhou. O trabalho que seria prestado consistia em uma divulgação massiva das obras da administração pôr meio da SEMEC.

Ainda na presença de José Paulo, o jornalista Nilson Andrade disse que o assessor Marcos Fiqueiró tem causado tantos inconvenientes para o Diário da Serra que obrigou ao proprietário do noticioso a convocá-lo para uma reunião no próprio jornal. O empresário queria saber porque o assessor vinha se posicionando de forma tão negativa, deixando de colaborar com o jornal no envio ágil de notícias da assessoria e outras publicações do interesse do poder executivo.

Na semana passada outro profissional de imprensa da cidade, o director-geral do Jornal de Domingo, Humberto Ferreira, reclamava de ter sofrido maus tratos e desprezo do assessor de imprensa. Conforme expôs, seu jornal sempre foi deixado em último plano quando do recebimento de mídias do interesse do município.

Marcos Figueiró também é acusado pôr outro veículo de comunicação da cidade de ter autorizado algumas veiculações do interesse da prefeitura mas no tempo de pagar, se negou, fazendo enormes objeções. O proprietário do veículo tem todos os documentos assinados pelo assessor, inclusive com a autorização do chefe da controladoria. Mas o pagamento não foi feito até agora, porque Marcos Figueiró o impediu.

Outros profissionais de imprensa de Tangará da Serra que não querem se manifestar publicamente tem concordado que um dos motivos que fez o também assessor de imprensa da prefeitura Otávio Venturelli a pedir exoneração do cargo na semana passada, foi pôr não suportar a arrogância e a falta de coleguismo de Marcos Figueiró.

O esposa da vereadora Vânia Ladeia Trettel (PL), Ademar Trettel, ao tomar conhecimento em off do negativo comportamento do assessor de imprensa, sobre a informação das vaias contra o prefeito, disse que contaria pessoalmente o fato ao chefe do executivo ainda nesta sexta-feira.. A vereadora é irmã do prefeito. Se o prefeito vai mantê-lo ou exonerá-lo do cargo ninguém sabe ainda.




Fonte: Tangará Repórter

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/298677/visualizar/