Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Terça - 04 de Abril de 2006 às 08:37
Por: Mariana Rodrigues

    Imprimir


Com o objetivo de analisar as possíveis causas da queda do consumo de combustível em Mato Grosso, as formas de negociação e as alternativas para solucionar os problemas, a Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme) realizou na última sexta-feira (31.03) a reunião da Câmara Técnica de Combustíveis, entidade vinculada ao Conselho de Desenvolvimento Empresarial (Cedem).

Na reunião, a Sicme apresentou aos conselheiros da Câmara o gráfico estatístico do consumo de óleo diesel, que apresenta uma queda significativa em seu consumo em 2005 comparado com 2004, e discutiu os números de acordo com cada combustível.

“Estão sendo analisados os fatores decorrentes da queda do consumo como a diferença de alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) entre os Estados; uso do óleo vegetal na agropecuária em substituição ao óleo diesel; substituição, principalmente na aviação agrícola, da gasolina de aviação pelo álcool hidratado; o transporte de parte da produção agrícola sendo realizado pelo modal hidroviário; entre outros fatores”, explica o secretário Adjunto de Desenvolvimento e Coordenador da Câmara Técnica de Combustíveis, José Epaminondas Mattos Conceição.

“Ao final da reunião a Câmara Técnica não chegou a nenhum acordo sobre o assunto. A idéia é propor para o governo soluções localizadas”, afirma José Epaminondas Mattos Conceição.

Estiveram presentes na reunião representantes do Instituto de Metereologia e Qualidade de Mato Grosso (Imeq/Inmetro), Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras de MT (Sindálcool), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat), Secretaria da Fazenda (Sefaz), Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme), Secretarias municipais de Educação (SME) e do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Mato Grosso (Sindipetróleo- MT).





Fonte: Assessoria/Sicme-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/308216/visualizar/