Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Terça - 31 de Janeiro de 2006 às 09:12
Por: Carlos Franco

    Imprimir


São Paulo - O banco Santander Banespa escalou Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Kaká e Cafu para estrear a maior campanha publicitária da sua história no País, desde que arrematou em leilão de privatização o Banespa, em novembro de 2000. Serão gastos este ano US$ 100 milhões em publicidade, de olho no desempenho do Brasil e desses jogadores na Copa. A campanha criada pela agência de publicidade McCann-Erickson começou a ser veiculada no fim de semana e tem o objetivo de mostrar que o banco tem todas as qualidades dos jogadores.

O volume do investimento dos espanhóis, que controlam o Santander Banespa, faz parte do valor de US$ 1 bilhão que o mercado publicitário deverá injetar a mais nos meios de comunicação, patrocinando a transmissão e cobertura dos jogos, mais eventos, campanhas de ponto-de-venda e desenvolvimento e lançamento de produtos e serviços relacionados à Copa. É um acréscimo de 10% no investimento publicitário no País, que gira ao redor de R$ 23 bilhões.

Só a TV Globo, que tem os direitos de transmissão dos jogos para TV aberta, deve embolsar cerca de R$ 400 milhões do investimento feito pelas empresas nessa Copa. Isso sem falar no que vão gastar os anunciantes na criação de filmes e garotos-propaganda para se associarem à Copa.

É uma engrenagem que também contribui para encher ainda mais de dinheiro os bolsos dos jogadores escalados para vestir a camisa brasileira na Copa. Os escolhidos pelo Santander, por exemplo, já têm contratos com indústrias de bebidas, montadoras, fabricantes de chuteiras, roupas, aparelhos eletroeletrônicos e até balas - ou seja, tudo o que um consumidor possa desejar.




Fonte: Agência Estado

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/321848/visualizar/