Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Esportes
Sábado - 21 de Janeiro de 2006 às 21:40
Por: Juliano Costa

    Imprimir


São Paulo - O São Paulo conseguiu neste sábado a sua primeira vitória no Campeonato Paulista. Depois de perder para o Santo André na estréia, o time são-paulino venceu o São Caetano por 2 a 1, neste sábado, no Estádio do Morumbi.

Apesar de o Campeonato Paulista já estar na quarta rodada, o São Paulo jogou apenas 2 vezes, pois teve um período de folga por causa da disputa do Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão. Assim, soma 3 pontos na competição. Já o São Caetano perdeu a primeira e segue com 7 pontos.

Quem abriu o placar foi Grafite, que admite estar seduzido com uma proposta do Le Mans, da França. O atacante marcou aos seis minutos de jogo, de cabeça, aproveitando escanteio cobrado por Júnior, da direita.

Os são-paulinos, porém, nem tiveram tempo para comemorar. Também de cabeça, Dimba empatou para o São Caetano no lance seguinte, num cochilo da zaga do São Paulo, em cruzamento feito por Triguinho.

A partir daí, o jogo seguiu em ritmo alucinante, apesar do calor, com chances de gol para os dois times. Aos 12 minutos, Dimba, novamente sozinho na área, perdeu uma oportunidade incrível, de cabeça. Aos 14, num bombardeio são-paulino, Grafite, Danilo, Mineiro e Júnior tiveram a oportunidade de empurrar a bola para dentro, mas Sílvio Luiz conseguiu evitar o gol.

O jogo era aberto e sobrava espaço até para os volantes jogarem. Marabá quase marcou pelo São Caetano aos 17 minutos. Mineiro, aos 25, e Josué, aos 32, também tiveram suas chances do lado do São Paulo.

Mas o placar só voltou a ser mexido no segundo tempo. Aos 11 minutos, Grafite chutou a bola no travessão. E no rebote, Mineiro fez um lindo gol, de bicicleta - foi ele também que marcou na final do Mundial de Clubes, contra o Liverpool.

Com Thiago Ribeiro, o São Paulo teve pelo menos outras três chances para ampliar. Muricy Ramalho não retrancou o time, que continuou atacando em busca do terceiro gol. Dessa forma, o São Caetano quase empatou em contra-ataques. Só não o fez porque os atacantes Somália e Dimba erraram demais.

Aos 20 minutos, Somália “ignorou” a presença de Dimba, sozinho na área. Aos 45, ocorreu o inverso: Dimba não tocou para Somália e acabou desperdiçando ótima chance para empatar. “Futebol é um esporte coletivo!”, criticou o lateral-direito Anderson Lima.




Fonte: Agência Estado

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/323385/visualizar/