Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quinta - 12 de Janeiro de 2006 às 22:46

    Imprimir


Brasília - O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirmou que "é possível antecipar" o pagamento do novo salário mínimo para março. Segundo ele, entretanto, o assunto ainda não foi levado ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que também ainda não tomou nenhuma decisão. Hoje o ministro do Trabalho, Luiz Marinho, disse que não seria possível antecipar o pagamento do mínimo de maior para março, reajustado para R$ 350,00, por causa do impacto causado na Previdência.

Bernardo afirmou que a área econômica do governo tinha feito as contas para elevar o mínimo para R$ 340,00. "Se o presidente tomar a decisão de que deve ser R$ 350,00, nós vamos adequar o orçamento. Se tiver que pagar antes de maio, o presidente vai nos convocar para trabalhar essas hipóteses. Não vamos ter assembléia para isso", disse Bernardo.

O ministro afirmou, entretanto, que um aumento maior no salário mínimo implica em correção menor na tabela do Imposto da Renda da Pessoa Física. "Temos de fazer as contas e levar para o presidente. Esta é uma decisão política do presidente."

Questionado se não seria fora da realidade aumentar o salário mínimo mais do que o previsto e ainda antecipar o pagamento, Bernardo respondeu: "Não é fora da realidade, é um pouco acima do que colocamos nos números internos do governo".




Fonte: Agência Estado

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/325349/visualizar/