Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Quinta - 12 de Janeiro de 2006 às 16:07

    Imprimir


Mina, Arábia Saudita - Milhares de peregrinos muçulmanos, correndo para completar um ritual simbólico de apedrejamento do demônio, no último dia do hajj, tropeçaram na bagagem, provocando um pisoteamento. Um porta-voz do Ministério do Interior, general Mansour al-Turki, diz que o número de mortos chega a 345.

A tragédia ocorreu no momento em que dezenas de milhares de peregrinos dirigiam-se a al-Jamarat, um conjunto de três pilares que representa o demônio e que os fiés atingem com pedras, para purificarem-se dos pecados.

Um médico do Crescente Vermelho Saudita falou em mais de 1.000. Esse médico foi identificado apenas pelo nome no crachá, Abbasi.

Imagens gravadas na cena mostram fileiras de mortos estendidos em macas sobre o pavimento, cobertos com lençóis. Ahmed Mustafa, um peregrino vindo do Egito, diz ter visto cadáveres sendo levados em caminhões de frigorífico.




Fonte: AP

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/325445/visualizar/