Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Domingo - 04 de Dezembro de 2005 às 07:32

    Imprimir


Os venezuelanos começaram a votar neste domingo para eleger os 167 deputados da unicameral Assembléia Nacional, em eleições boicotadas pela oposição que alega falta de transparência no processo.

No total, 14,4 milhões de venezuelanos estão convocados a votar nas 27.549 seções eleitorais, que abriram as portas às 5h30 locais (7h30 de Brasília) nos 23 estados do país e na capital Caracas. O voto não é obrigatório na Venezuela e 99,21% dos locais de votação funcionarão com máquinas eletrônicas.

Às 4h locais (6h de Brasília), o governador do estado de Miranda, Diosdado Cabello, onde fica parte de Caracas, participou de uma cerimônia no bairro popular de Petare (oeste) para acordar os moradores da capital e incentivá-los a votar, informou a agência de notícias oficial ABN. Às 5h locais, a explosão de fogos de artifício celebrou a chegada dos funcionários eleitorais aos 9.837 centros de votação para colocar em funcionamento as mesas.

As eleições contam com a participação dos partidos da coalizão oficialista, dois partidos de oposição de centro-esquerda, além de vários partidos menores e organizações locais. Seis partidos de oposição abandonaram o processo eleitoral. Os partidos renunciantes, que incluem os tradicionais Ação Democrática e Copei, têm 65 deputados dos 79 da oposição na atual Assembléia Nacional de 165 cadeiras. A próxima AN terá mais dois representantes por causa do aumento populacional. Os deputados são eleitos para mandatos de cinco anos.

As seções eleitorais fecharão as portas às 16h locais (18h de Brasília), mas o funcionamento poderá ser prorrogado no caso de filas de eleitores.




Fonte: AFP

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/331889/visualizar/