Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Terça - 26 de Abril de 2005 às 09:07

    Imprimir


Beirute - Centenas de pessoas fizeram uma manifestação hoje, no centro de Beirute, para exigir a liberação de libaneses que, segundo eles, estão desaparecidos na Síria, o que não é reconhecido pelos governos de Damasco e Beirute. Os manifestantes permanecem sentados desde a semana passada em frente à sede da ONU na capital do Líbano. Eles carregam fotos dos compatriotas supostamente desaparecidos na Síria.

Testemunhas disseram que a polícia libanesa agrediu os manifestantes, quando estes ameaçaram forçar a entrada Parlamento, no momento em que o novo premier libanês, Nayib Mekati, apresentava seu programa de governo.

Os manifestantes querem que a ONU inclua o caso de libaneses que estariam desaparecidos na Síria na resolução 1.559 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, que exige que Damasco retira suas tropas do Líbano e pare de interferir nos assuntos internos do país.

A manifestação coincide com a cerimônia que militares sírios e libaneses celebram hoje em Beirute, para marcar a saída oficial das tropas da Síria do país, em obediência à resolução da ONU. A retirada põe fim a 29 anos de presença de tropas sírias. Elas entraram no país em 1976, para tentar debelar a guerra civil no Líbano, que começou em 1975. Mas, até 1990 o conflito não terminou e Damasco acabou interferindo diretamente na disputa.





Fonte: AE - EFE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/343473/visualizar/