Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quinta - 24 de Fevereiro de 2005 às 10:46
Por: JONAS DA SILVA

    Imprimir


Participantes do Seminário Internacional de Infra-estrutura Multimodal começaram a confirmar presença na atividade de integração de Mato Grosso com países andinos e platinos, a ser realizado entre os dias 2 e 4 de março, no Centro de Eventos do Pantanal. O seminário, organizado pelo Governo do Estado de Mato Grosso, com apoio do Sebrae/MT, vai debater e tirar soluções para enfrentar obstáculos em rodovias, hidrovia e comércio exterior de uso comum entre os países.

Segundo o secretário de Projetos Estratégicos, Cloves Vettorato, a previsão é de que entre 400 a 500 pessoas, grupo formado por empresários, autoridades e especialistas, participem do evento. As maiores delegações, por enquanto, que vão participar do seminário são da Bolívia e da Argentina. Mas há interesse desse segmento de participantes do Peru, do Chile, do Paraguai e do Uruguai.

Uma comitiva de 13 pessoas da Argentina deu sinal de presença hoje, como seis governadores de Províncias (Estados) do país, empresários, integrantes de bolsas de mercadorias e do governo do presidente Néstor Kirchner, a exemplo do secretário de Comércio Exterior, Marcelo Von Schmeling.

O seminário é a conclusão da Expedição Internacional – Estradeiro IV, atividade de pesquisa e integração desenvolvida pelo governador Blairo Maggi entre 12 e 22 deste mês pela Bolívia, Peru e Chile. Na tarde desta quarta-feira (23.02), Vettorato, o secretário de Cultura, João Carlos Ferreira, a secretária Adjunta de Cultura, Eliana Bess, o superintendente do Cerimonial do Governo, major Paulo Serbija e representantes da Secretaria de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur), do Sebrae e da Secretaria de Infra-estrutura (Sinfra) encaminharam os preparativos de apoio logístico para a organização do seminário.

“A discussão dos temas do seminário é a consolidação de uma agenda de trabalho para que os obstáculos burocráticos e de infra-estrutura entre Mato Grosso e esses países tenham o início de uma solução definitiva”, aponta Vettorato a respeito da importância do

evento. O Estradeiro IV, reforça, possibilitou uma nova visão do Governo de Mato Grosso para as potencialidades dos países do Mercosul e andinos aos produtos mato-grossenses.

CULTURA - No entendimento do secretário de Cultura, João Carlos Ferreira, o passo inicial dado anteriormente por caravanas de empresários e políticos, no sentido de melhorar o comércio e o trânsito de pessoas, ganhou um avanço a mais com a visita do Estradeiro IV, agora com forte conteúdo cultural, vertente da relação entre os povos que tende a ser fator realçado na aproximação de cidadãos e oportunidade de negócios da América do Sul.

“Há uma diversidade cultural enorme em todos os países da América do Sul. E um dos resultados a partir da visita que fizemos é ter acertado para trazer a Orquestra e Coral de San Ignácio de Velasco, da Bolívia, para a abertura do seminário”, informa sobre o passo adiante da interação. “A integração cultural é mais rápida e tem menor custo”, ressalta.

Formado por 45 pessoas, o grupo também fará uma apresentação no segundo dia do seminário, dia 3. O secretário de Cultura diz ainda que como parte do trabalho do governo Blairo Maggi em intensificar as relações com outros países, será realizado neste ano a Feira Sul-Americana do Livro, em agosto, e o Encontro Sul-Americano de Cultura, em novembro.





Fonte: Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/357654/visualizar/