Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Meio Ambiente
Quarta - 23 de Fevereiro de 2005 às 13:14

    Imprimir


São Paulo - As áreas com danos ambientais maiores sofreram mais com o tsunami, revelou um relatório divulgado nesta terça-feira na reunião do Conselho de Governo do Programa da ONU para o Meio Ambiente (Pnuma). O estudo alerta que é importante levar isto em conta na hora de reconstruir os países devastados pelo maremoto.

De acordo com o relatório, grande parte dos parques de Yala e Buldala foram preservadas porque a vegetação litoral e as dunas pararam totalmente o tsunami. Já no caso da Somália, a devastação foi muito maior. O maremoto atingiu 650 quilômetros de litoral porque, de acordo com o relatório, os mangues tinham sido cortados para usar a lenha ou como material de construção.

Segundo a agência EFE, o relatório "Depois do Tsunami" afirma que há muito o que se aprender para a reconstrução dos países atingidos pelo maremoto. O documento atenta para a importância do reflorestamento do litoral para que as árvores sirvam de barreiras para os futuros maremotos.





Fonte: Agência Brasil

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/357720/visualizar/