Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 22 de Fevereiro de 2005 às 19:50
Por: Patricia Neves

    Imprimir


A superintendente do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Urbano (IPDU), arquiteta Adriana Bussiki Santos apresentou, hoje pela manhã (22), no Salão Nobre do Palácio Alencastro, o projeto de reestruturação da avenida Carmindo de Campos, um dos principais centros comerciais da Capital.

Participaram da reunião o prefeito Wilson Santos, secretários, representantes do Ministério Público, Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA), empresários e comerciantes da avenida Carmindo de Campos.

“Trata-se de uma via estritamente comercial e que hoje apresenta problemas gravíssimos de infra-estrutura”, analisou Adriana Santos, referindo-se a ausência de calçadas, estacionamentos, existência de obstáculos a pedestres e deficientes físicos e calçadas construídas fora dos padrões legais.

O secretário de Meio Ambiente, Levi Pires de Andrade, ressaltou durante a reunião que projetos como o que prevê o ordenamento da avenida Carmindo de Campos serão discutidos com a sociedade. “Estamos em busca de soluções eficazes e compartilhadas”, frisou o secretário, pedindo a parceria de empresários e comerciantes, grupos religiosos e comunitários, além de segmentos que compõem a Carmindo de Campos para a reorganização daquela avenida.

O secretário de Trânsito e Transportes, Emanuel Pinheiro enfocou, por sua vez, a total inexistência de sinalização vertical e horizontal ao longo da avenida, onde há grande fluxo de veículos e pedestres. “Há, inclusive, pontos de estrangulamento que precisam ser administrados em caráter de urgência”, acrescentou o secretário.

Durante a reunião, o prefeito Wilson Santos fez um breve histórico do desenvolvimento da Carmindo de Campos que explodiu nos últimos anos com a criação de várias faculdades naquelas imediações, além do Shopping Popular, do Centro Odontológico, da Ponte Sérgio Mota e da Pedra, local de grande concentração de pessoas que comercializam veículos usados.

“Este projeto foi criado em respeito ao setor produtivo da Capital”, justificou o prefeito, que vem com uma concepção moderna de administração, priorizando as parcerias com os diversos setores da sociedade.





Fonte: A Gazeta

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/357938/visualizar/