Repórter News - reporternews.com.br
Tecnologia
Segunda - 14 de Fevereiro de 2005 às 14:19

    Imprimir


A Nokia, maior fabricante de telefones móveis do mundo, fechou acordo com a Microsoft hoje para facilitar aos consumidores a reprodução de música digital no celular. A Nokia concordou em instalar software de reprodução de música da Microsoft em seus celulares e, em troca, a a Microsoft irá introduzir padrões abertos para compressão de música digital e proteção contra pirataria no programa Windows Media Player para computadores pessoais.

Um porta-voz da Nokia informou que a empresa vai lançar este ano um telefone compatível com a tecnologia de áudio da Microsoft. "Esse acordo torna mais fácil aos consumidores fazer o download de músicas que queiram ouvir, sem terem que se preocupar se o formato é compatível ou não", disse o responsável pela divisão de multimídia da Nokia, Anssi Vanjoki.

O acordo une duas rivais de longa data, já que a Nokia usava antes tecnologia própria ou da RealNetworks. A empresa informou que vendeu 10 milhões de celulares com players de música digital em 2004.

A gigante do software vai introduzir o padrão de compressão aberto AAC bem como o programa contra pirataria da Open Mobile Alliance (OMA). A Nokia e a Loudeye concordaram que vão começar a vender um serviço de download de música diretamente para celulares. O serviço vai usar as tecnologias AAC e da OMA. Este serviço está pronto para uso em cerca de 30 países e as empresas esperam fechar nos próximos meses acordos com operadoras para o início das atividades.

As operadoras de telefonia celular ao redor do mundo estão pressionando por padrões abertos para que os clientes não fiquem restritos apenas a um formato de execução das músicas que compraram legalmente.

Avanço para a Microsoft

O acordo é um impulso à Microsoft, que até então teve pouco sucesso em penetrar no mercado de celulares. Com o suporte da grande fatia do mercado mundial que a Nokia possui, um terço dos 684 milhões de aparelhos vendidos por ano, a Microsoft tem uma oportunidade muito maior de introduzir seus players de música em celulares pelo mundo.

A Microsoft espera encorajar os consumidores a comprarem mais músicas em lojas online que usam sua tecnologia de compressão e de combate à pirataria.

Para a Nokia, o acordo significa que a fabricante poderá ingressar na onda dos serviços de download que se tornaram populares recentemente.

A Nokia informou que o acordo não vai afetar sua relação com a RealNetworks. Ambas as empresas informaram este mês que estão expandindo cooperação para levar programas de vídeo e música a mais celulares da Nokia. "Com a Real, tem havido mais foco no lado visual das coisas", disse um porta-voz da Nokia.





Fonte: Reuters

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/360317/visualizar/