Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Domingo - 13 de Fevereiro de 2005 às 09:43

    Imprimir


A Sociedade Brasileira de Acupuntura iniciou ontem o segundo curso de especialização médica em acupuntura no Estado. O curso está sendo ministrado no auditório do Hospital Jardim Cuiabá e conta com a participação de 20 médicos de todo Mato Grosso. Atualmente somente 15 médicos acupunturistas atuam no Estado registrados pela associação nacional. O curso visa aumentar o número desses profissionais habilitados em Mato Grosso.

A acupuntura é uma das vertentes da medicina tradicional chinesa, tendo como base a utilização de agulhas para estimular pontos de energias que circulam no corpo humano, representando pólos Yin (negativo) e Yang (positivo), com o objetivo de equilibrar o corpo, impedindo a formação de doenças.

Reconhecida como especialidade médica no país desde 1995, a atividade é hoje uma das polêmicas entre a comunidade médica nacional, que solicitou judicialmente sua liberação profissional somente a pessoas formadas em medicina.

“Estamos tentando regulamentar a atividade, pois a acupuntura é uma espécie de intervenção cirúrgica, que pode inclusive ser fatal no caso de ser administrada por uma pessoa que não detém um amplo conhecimento da anatomia humana. A medida é mais preventiva, pois já temos inclusive casos registrados no país de mau uso da acupuntura por pessoas não habilitadas que acabaram inclusive gerando a morte do paciente”, conta o presidente da Sociedade Médica de Acupuntura e palestrante, Agamenon Honório.




Fonte: Folha do Estado

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/360549/visualizar/