Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quarta - 22 de Dezembro de 2004 às 13:20

    Imprimir


São Paulo - Os valores de aluguel de casas e apartamentos na cidade de São Paulo subiram em média 0,6% em novembro, na comparação com os aluguéis cobrados no mês anterior, de acordo com a Pesquisa Mensal de Valores de Locação Residencial do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP). No acumulado de 12 meses até novembro, o aluguel residencial na capital paulista subiu cerca de 5%, variação inferior à medida pelos índices de inflação.

Para o vice-presidente de Locação da entidade, Sérgio Luiz Abrantes Lembi, a alta pode ser atribuída, em parte, à melhoria de alguns segmentos de atividade econômica, o que determina o crescimento da procura e tem reflexos sobre o valor do aluguel. "A demanda, porém, encontra alguma restrição em função da reduzida oferta e da qualidade do estoque", ressalta Lembi.

Segundo o levantamento, os valores de locação de imóveis de um dormitório, em novembro, foram semelhantes aos verificados em outubro, enquanto que as unidades de três quartos apresentaram alta nos aluguéis da ordem de 1% no mesmo período. Já os aluguéis das moradias de quatro dormitórios tiveram elevação média de 0,6%.

De acordo com o Secovi-SP, não se identificou tendência predominante de evolução da quantidade de contratos de locação efetuados em novembro. Pouco mais de um terço das 155 imobiliárias consultadas apontou aumento do volume locado, aproximadamente um terço dos entrevistados indicou redução e um terço das imobiliárias examinadas manifestou que os desempenhos de outubro e novembro foram semelhantes.

No segmento de apartamentos, a maior parte das imobiliárias consultadas para a realização do estudo declararam que o volume locado em novembro foi igual ao de outubro (53% da amostra). Em relação à oferta, as empresas observaram que o estoque permaneceu no mesmo patamar no período analisado (49% das imobiliárias).

Por região, as imobiliárias que atuam no Centro apontaram melhora no desempenho. Segundo o levantamento, 53% das imobiliárias que operam nessa área da cidade de São Paulo revelaram que houve aumento do número de imóveis alugados no mês passado. Por outro lado, cerca de 42% da amostra da região Sul apontou redução do volume locado em novembro e 40% das empresas manifestaram que o estoque aumentou nesse período.

Os dados da pesquisa mostram que os apartamentos encontram-se em melhor estado de conservação do que as casas e sobrados para locação. Cerca de 83% dos apartamentos da amostra examinada foram avaliados pelos entrevistados com ótimas ou boas condições de conservação, enquanto que a proporção observada entre as casas foi de apenas 70%, ante 30% catalogada como regular ou ruim em termos de qualidade do estado do imóvel.




Fonte: Agência Estado

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/363042/visualizar/