Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quarta - 22 de Dezembro de 2004 às 12:13
Por: Lígia Tiemi Saito

    Imprimir


Além de divulgar o balanço anual da Rede Cemat, o vice-presidente de Operações, Antônio Braga chama a atenção ao risco que o país corre de sofrer novo apagão a partir de 2007. Apesar de Mato Grosso produzir energia elétrica suficiente para consumo interno, a falta de investimentos na área pode ocasionar problemas no futuro. "Os números mostram crescimento da economia, mas não estamos vendo investimentos nessa área. A questão pode ficar complicada", avalia. Conforme Braga, um projeto hidrelétrico demora de quatro a cinco anos para ficar pronto. Portanto, para solucionar possíveis problemas em 2007, os investidores já deveriam ter começado a trabalhar essa questão. "Mas a rigidez da legislação ambiental e o atual modelo energético, além de não satisfazer investidores, não têm atraído o capital privado", aponta.

Outro entrave apontado pelo vice-presidente é o fato de a maior parcela da geração de energia estar concentrada nas mãos do governo federal. Segundo Braga, numa hidrelétrica de porte médio, é preciso investir cerca de R$ 3 milhões para cada megawatt que a usina irá produzir. Atualmente, Mato Grosso chega a exportar energia. Em novembro, por exemplo, 16% (216 mil MWh) da produção foi para outros Estados.(LTS)




Fonte: A Gazeta

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/363065/visualizar/