Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Sexta - 19 de Novembro de 2004 às 15:21

    Imprimir


O juiz eleitoral da Comarca de Sinop, Clovis de Mello, acaba de confirmar em entrevista exclusiva ao Só Notícias que vai pedir hoje ao TRE- Tribunal Regional Eleitoral- que seja feita nova eleição para prefeito em Santa Carmem (35 km de Sinop). O juiz cassou ontem, no final da tarde, o direito do prefeito eleito, Rudimar Camassola (PSDB) e do vereador eleito Carlos Ribeiro (Sapão) de serem diplomados. Ambos foram condenados por compra de votos (captação de sufrágio, crime previsto na lei 9.504-97, artigo 41 -A)

O juiz deixou claro que a nova eleição deve ser apenas para prefeito. "Com a cassação do vereador Carlos Ribeiro, o primeiro suplente de seu partido-coligação deve assumir", afirmou o magistrado. Clovis de Mello se convenceu, após ouvir depoimentos de 33 pessoas que foram flagradas em Santa Carmem num local onde o vereador estava com um caderno e R$ 1,2 mil em dinheiro para pagá-las, que o vereador eleito comprou votos e "agia em nome do prefeito eleito, que também atuou diretamente na compra de votos".

O advogado do prefeito cassado de Santa Carmem deve recorrer ainda hoje ao TRE para tentar anular a decisão da Justiça da Comarca de Sinop e tentar garantir a diplomação de Camassola, no próximo dia 11 (data marcada pela Justiça Eleitoral para diplomar os 5 prefeitos eleitos da Comarca de Sinop)

Caso a decisão seja mantida, Rudimar poderia disputar uma nova eleição porque a sentença dada ontem não lhe tornaria inelegível. Mas esta questão ainda não está definida. Ele venceu as eleições em outubro com 33 votos de vantagem sobre Antonio Maroca, do PMDB.




Fonte: Só Notícias

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/367544/visualizar/