Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Sexta - 22 de Outubro de 2004 às 15:29

    Imprimir


A conclusão foi obtida durante seminário Oportunidades de Negócios Brasil- Japão, realizado em Cuiabá.

Para o Secretário de Indústria, Comércio, Minas e Energia, Alexandre Furlan, o Japão será um parceiro extremamente estratégico para o Estado como já está sendo para o Brasil. "Acredito que Mato Grosso possa entrar mais fortemente no mercado japonês", afirma.

Atualmente o Japão é o 7º maior comprador de produtos mato-grossenses. Somente de janeiro a setembro de 2004 o Estado exportou cerca de US$ 79 milhões. Dentre os principais produtos comercializados estão a soja, carnes, milho, algodão e madeira.

A exportação mato-grossense para o país pode ser intensificada por meio dos produtos do agronegócio. "A vocação de Mato Grosso é o agronegócio, nosso foco é produzir alimentos para o mundo. Até 2005 o Brasil estará produzindo 230 milhões de toneladas de grãos e fibras e o Centro Oeste será responsável por 60% dessa produção", explica o secretário de projetos estratégicos, Clóves Vettorato.

Segundo o coordenador geral de promoção das exportações do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Artur Pimentel, nos dias atuais o Japão é um mercado altamente comprador e de produtos de qualidade principalmente na área de alimentos com sabores diferentes. "A chave de sucesso para comercializar com esse país é compreender os consumidores e estabelecer trade-mark de destaque", diz.

A opinião entre os analistas de comércio exterior é unânime quando se discute que Mato Grosso precisa oferecer para o Japão mercadorias com qualidade, bom preço, competitivas e principalmente de acordo com o gosto japonês.

"Acreditamos que MT precisa diversificar a produção para poder exportar produtos manufaturados, como por exemplo, sopa e bolacha de soja, produtos que substituem o trigo pela soja, móveis, entre outros", afirma o diretor vice-presidente da Japan External Trade Organization (JETRO), Yoshihiro Sawada. A Jetro é o órgão oficial de Comércio Exterior do Japão. Está presente em 57 países, com 77 escritórios.

A intensificação do comércio entre Brasil- Japão foi debatida durante evento realizado nesta quinta-feira (21-10), em Cuiabá. O seminário Oportunidades de Negócios Brasil- Japão foi promovido pelo MDIC, por meio do Governo do Estado, através da Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme), em parceria com a Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt).

Na ocasião foram apresentadas palestras pelo o Secretário de Estado Alexandre Furlan, pelo coordenador geral de promoções exportadoras do MDIC, Artur Pimentel, pelo diretor vice-presidente da Jetro, Yoshihiro Sawada, pelo perito da Japan International Cooperation Agency (Jica), Shizuo Hori e pelo representante do Núcleo de Apoio a Negócios Internacionais do Banco do Brasil, Antônio Callejas.




Fonte: Secom-MT/Sicme-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/370466/visualizar/