Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Quinta - 05 de Agosto de 2004 às 03:10

    Imprimir


A polícia londrina deteve um militante da rede Al-Qaeda suspeito de envolvimento no preparo de um ataque terrorista contra o principal aeroporto de Londres, Heathrow, informou a edição de quinta-feira do jornal The Times. Ainda não há informações se este suspeito estava entre as 13 pessoas detidas na véspera em uma ampla operação contra supostos terroristas em diversas cidades da Inglaterra.

Em um artigo na primeira página, The Times afirma que o suspeito foi detido graças a uma informação dos serviços secretos paquistaneses sobre ele. O homem seria considerado o chefe de operações da Al-Qaeda na Grã-Bretanha e receberia ordens diretas de Osama Bin Laden, líder da rede terrorista. O jornal cita também responsáveis paquistaneses, ao apontar que foram encontrados detalhes sobre o ataque em Heathrow em um computador de um militante da Al-Qaeda detido no mês passado no Paquistão, cuja missão era mandar mensagens codificadas para os agentes da rede no mundo.

O artigo foi publicado dois dias depois de operações policiais em Londres e outras cidades britânicas, que levaram à detenção de 13 pessoas, entre 20 e 30 anos de idade, dentro do Terrorism Act 2000.

Também na edição de quinta-feira, um outro jornal britânico, The Sun afirma, por sua vez, que os dados sobre Heathrow descobertos no computador de Muhammed Nasem Noor Jan - detido em julho no Paquistão depois de um tiroteio - originaram a onda de detenções de terça-feira.

Segundo The Times, Jan esteve em pelo menos seis ocasiões na Inglaterra nos últimos anos e foi ele que revelou que o chefe da Al-Qaeda na Grã-Bretanha era conhecido por "Bilal". "Jan estava em contato direto com Bilal para a missão em Heathrow, mas Bilal só conhecia a identidade das outras pessoas que iam atuar na operação", destaca o periódico.

Outro jornal britânico, The Daily Telegraph, aponta que o terrorista utilizava o pseudônimo de Abu Eisa Al Hindi e "preparava um ataque contra a Grã-Bretanha". O jornal informa ainda que a polícia não revelou se este suspeito estava entre as 13 pessoas detidas na véspera em uma ampla operação contra supostos terroristas em diversas cidades da Inglaterra.

Segundo a imprensa britânica, os detidos na terça-feira são originários do sul da Ásia e alguns têm nacionalidade britânica. A Scotland Yard, que organizou a operação na terça, não comentou as informações publicadas pela imprensa nesta quinta-feira.




Fonte: AFP

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/377139/visualizar/