Repórter News - reporternews.com.br
Agronegócios
Quarta - 04 de Agosto de 2004 às 17:01
Por: ROSI MEDEIROS

    Imprimir


Diretores da maior indústria têxtil da América Latina, a Vicunha Têxtil S/A, Pedro Borges Neto, Vital Jorge Lopes e Ricardo Streibuch, estiveram reunidos, nesta quarta-feira (04.08), com o governador Blairo Maggi, no Palácio Paiaguás. Na ocasião, os empresários tiveram mais informações sobre as perspectivas de produção de Mato Grosso, que se destaca como o estado maior produtor de algodão do país.

Na safra 2002/2003 foram colhidas 659,5 mil toneladas do produto, numa área de 300,3 mil hectares. Para este ano, em que houve um aumento de 27% na área plantada, a estimativa é de se colher uma produção de 837,6 mil toneladas de algodão, de acordo com a Conab.

As indústrias da Vicunha Têxtil são as maiores consumidoras de algodão do país. "Os empresários destacaram a qualidade do algodão produzido em Mato Grosso que, segundo eles, está entre os melhores produzidos no mundo", informou o secretário Extraordinário de Projetos Estratégicos, Cloves Vetoratto, que também participou da reunião.

Atualmente a Vicunha Têxtil conta com 15 unidades operacionais em diversos Estados do país, como São Paulo, Bahia, Rio Grande do Norte e Ceará - trabalhando no processamento de fios, tecelagem, malharia, tintura, estamparia e confecções. A empresa também se destaca no cenário internacional, presente em diversos mercados como Europa, Estados Unidos, América Central, América Latina, Oriente Médio e outros.

HISTÓRIA - O trabalho da empresa começou em 1946, com a instalação de uma pequena tecelagem, na cidade de São Roque, interior de São Paulo. Já em 1996, a empresa dava um importante passo com a aquisição do controle acionário da Hering Têxtil do Nordeste, maior fabricante de camisetas de malha, criando a Fibrasil.

Atualmente, a empresa lidera o mercado têxtil brasileiro, respondendo por grande parte da produção brasileira de índigo, sendo também uma das maiores produtoras mundiais. A empresa é também responsável por 50% da produção nacional de poliamida e 100% da produção nacional de fibras e filamentos de Rayon Viscose, processando 300 mil toneladas de matérias-primas por ano.




Fonte: SECOM/MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/377183/visualizar/