Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Agronegócios
Sexta - 09 de Julho de 2004 às 12:27
Por: Jesiel Pinto/Cida Capelassi

    Imprimir


A abertura do estande da Secretaria de Estado de Saúde (Ses) na 40ª Expoagro, que começou nesta quinta-feira (08.07), contou com a presença de várias autoridades ligadas ao setor.

Durante os 10 dias da feira o estande da Ses prestará vários serviços gratuitos aos freqüentadores do evento. Serão realizados exames de glicemia, que avalia o risco de diabetes, de índice de massa corpórea, que identifica o risco de se evoluir para um eventual comprometimento do coração, e exames de taxa de colesterol.

O secretário-adjunto Antonio Augusto de Carvalho justificou a presença da Ses na 40ª Expoagro como uma forma de integrar as ações de Saúde, com a população que irá freqüentar a feira. “Teremos oportunidade, aqui, de informar a comunidade da diversificação de programas da Ses”, declarou. “Ao mesmo tempo em que conscientizamos a população da importância das ações que visam o benefício do usuário do Sistema Único de Saúde”.

Na opinião do secretário-adjunto Jackson Fernando de Oliveira, o ponto alto do estande é a informação do cidadão. “De um modo geral a população não sabe onde denunciar falta de tratamento de Saúde, onde entrar com um processo para conseguir medicamentos. O estande vai ajudar no sentido de fazer essa divulgação. O cidadão vai ficar sabendo de tudo que não sabia antes sobre a Saúde no Estado e, o mais importante, esse conhecimento poderá ser usado por ele em seu próprio benefício”, afirmou.

O superintendente de Auditoria Geral do SUS no Estado, Silas Tadeu Caldeira acrescentou que “o estande vai proporcionar uma oportunidade de integração social da população com os programas do SUS desenvolvidos pela Secretaria de Estado de Saúde”.

Um exemplo disso foi a disseminação de unidades de controle, prevenção e tratamento de Aids e Doenças Sexualmente Transmissíveis. A Ses tem CTAs – Centros de Testagem e Aconselhamento da doença em nove municípios estratégicos do Estado (como Alta Floresta, Peixoto de Azevedo, Confresa, Tangará da Serra, Diamantino, Barra do Garças, Cuiabá, Várzea Grande e Cáceres). Maternidades com atendimento voltado para grávidas portadoras de HIV podem ser encontradas em Tangará da Serra, Cuiabá e Cáceres. Serviços de Assistência Especializada estão localizados nos municípios de Peixoto de Azevedo e Cuiabá. E Serviços de Assistência Bucal voltado para doentes soropositivos são localizados em Cuiabá e em Peixoto de Azevedo.

ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL - A Coordenadoria de Educação em Saúde da SES preparou uma programação estratégica para a terceira idade na abertura oficial da 40ª Expoagro. A primeira abordagem para a Terceira Idade foi sobre o envelhecimento saudável. Cerca de 20 técnicos da Ses atenderam o grupo 3º Idade “Unidos na Alegria de Viver”, de Cuiabá. Eles foram submetidos a aferição de pressão, teste de glicemia, orientações educativas, além de participarem de atividades de entretenimento, como dança e apresentações culturais regionais. O ponto alto da festa da terceira idade ficou por conta da apresentação do tradicional siriri e cururu, pelo grupo ‘Unidos na Alegria de Viver”. Ao todo foram atendidos cerca de 150 idosos.

Segundo a coordenadora de Educação em Saúde da Ses, Debbiê Caporossi, a intenção de se montar um estande da Saúde no parque de exposição da Acrimat é o de levar orientação e informação sobre riscos de doenças transmissíveis e não transmissíveis a um grande número de pessoas” Nestes eventos o fluxo de pessoas que visitam a exposição é grande e pretendemos orientar sobre prevenção e tratamento de doenças. Muitos não se importam com seu estado de saúde. Um simples exame de glicemia ou aferição de pressão, já é um diagnóstico de uma possível doença”.

Ainda para a Terceira Idade foram dadas recomendações básicas para o envelhecimento saudável. Doenças como osteoporose, acidentes domésticos, importância da prática de exercícios físicos, fizeram parte da abordagem da equipe técnica da Ses aos participantes. ”Incentivamos também a participação e ingresso a grupos de pessoas idosas. O idoso em grupo melhor utiliza seu tempo livre, cria novas amizades, troca experiências e compartilha seus sentimentos, e melhora sua qualidade de vida. A saúde pública trabalha com a prevenção, orientação e principalmente com a promoção da qualidade de vida dos cidadãos”, disse Debbiê Caporossi.

CRIE - Técnicos do Centro de Referência de Imunobiológicos Especias (CRIE), estarão durante o período da realização da 4ª Expoagro, no estande da Ses, prestando esclarecimentos sobre os serviços que o Estado presta em atenção as pessoas que necessitam de produtos especiais não disponíveis na rotina dos serviços de saúde. A Auxiliar de Enfermagem da Ses, Maria Vieira de Aquino exemplifica no caso de pessoa portadora do HIV Positivo. “Esse paciente necessita de vacina especial, por causa da baixa imunidade. No ano tem que tomar vários tipos de vacinas em três etapas. Essas vacinas são especiais e não estão disponíveis na rede básica (postos de saúde e pronto atendimento), como as contra a Hepatite B e Influenza (gripe). O Estado dá atenção básica a este paciente, entre outros casos como o doente renal crônico”, relata a coordenadora.

Este tipo de atendimento da Secretaria de estado de Saúde só pode ser realizado por que é feito em parceria com o Programa Nacional de Imunizações, da Fundação Nacional da Saúde do Ministério da Saúde.

Estiveram presentes no estande da Ses os secretários-adjuntos Jackson Fernando de Oliveira e Antonio Augusto de Carvalho, o superintendente de Auditoria Geral do SUS, Silas Tadeu Caldeira, a coordenadora da unidade de Educação em Saúde da Ses, Debbiê Caporossi, servidores da Assessoria Especial de Comunicação da Ses, de várias outras áreas e visitantes.




Fonte: Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/378363/visualizar/