Repórter News - reporternews.com.br
Polícia Brasil
Terça - 25 de Maio de 2004 às 15:34
Por: José Ribamar Trindade

    Imprimir


“Uma parada de droga”. Foi a “isca” usada pelo menor P.S., o “Fi”, de 17 anos, para matar, juntamente o adulto Heytor Sílvio Oliveira de Lima, um homem identificado até agora apenas como “Délcio”, de mais ou menos 25 anos. O crime aconteceu por volta das 21 horas do último sábado (22), no Jardim Imperial, em Cuiabá.

Depois de deformar, principalmente a cabeça do rival a golpes de machadadas, os dois assassinos arrastaram o corpo da vítima até uma chácara onde o pai de “Fi” trabalha, e o ocultaram em uma cova rasa.

Apreendido, mo menor confessou a autoria do crime, com a ajuda de Heytor. Disse que há cerca de dez anos, quando ainda tinha sete anos, foi perseguido por Délcio, que tentou violentá-lo. No ano passado, o mesmo homem agora assassinado, agrediu o menor, espancando-o sem motivos.

“Ele confessa o crime e diz que matou para se vingar. Conta que atraiu a vítima, que foi até o local, pensando que havia uma parada de drogas, pois todos são usuários”, explica o investigar Margarido Soares, chefe de operações da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP).

O menor foi interrogado pelo delegado Wylton Massao Ohara, da equipe de investigações da DHPP, e será transferido, ainda na tarde de hoje para a Delegacia Especializada de Adolescentes (DEA). O có-autor do assassinato, no entanto, ainda não foi localizado pela Polícia.




Fonte: 24 Horas News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/382795/visualizar/