Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 04 de Maio de 2004 às 16:49
Por: Rafaela Maximiano

    Imprimir


De janeiro a março de 2004, o posto avançado do Procon em Várzea Grande, registrou 502 atendimentos. Deste total, 278 registros são de orientações por telefone, 140 de atendimentos no balcão e 84 de processos abertos contra empresas que lesaram de alguma forma o consumidor.“O número de reclamações recebidas já superam em cinqüenta por cento , das feitas no mesma período, do ano anterior”disse a coordenadora do posto, Gisela Simona.

Os setores líderes de reclamações no primeiro trimestre do ano foram os serviços públicos com 24% do total das queixas formais. Em segundo aparecem o setor de telefonia móvel com 21%, em terceiro o setor de telefonia fixa com 11% e em quarto lugar os bancos e financiadoras com 9,5%. Logo em seguida aparecem os setores de eletro-eletrônicos, listas telefônicas, consórcios, escolas e faculdades e planos de saúde.

“Em 2003, as fornecedoras de água, energia e as lojas fabricantes e revendedoras autorizadas de eletrodoméstico e as de telefonia móvel e fixa, também foram as mais reclamadas pela população várzea-grandense”, lembrou Gisela.

O posto, que funciona anexo ao prédio da OAB, realiza cerca de 50 atendimentos por dia entre orientações por telefone e no balcão, e, o registro de processos. Os consumidores residentes em Várzea Grande que se sentirem lesados em qualquer relação de consumo, devem entrar em contato pelos telefones 1512 ou 686-3999.




Fonte: Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/384076/visualizar/