Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 04 de Maio de 2004 às 14:55
Por: Sérgio Fernandes

    Imprimir


A deputada Verinha Araújo, do PT, deverá propor a abertura de uma CPI para apurar as acusações de exploração sexual de crianças e adolescentes em Mato Grosso. Diante das apurações já feitas pela Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Congresso Nacional, que investiga denúncias sobre o tema em todo o país, a deputada defende que uma comissão estadual se aprofunde e complemente o que já foi apurado. Verinha anunciou esta intenção durante coletiva dos membros da CPMI, na Sala de Imprensa do Poder Legislativo, hoje (terça-feira), pela manhã.

A comissão está ouvindo, agora pela manhã, no plenário da Assembléia, vítimas e pessoas acusadas de exploração sexual de crianças e adolescentes no Estado. A CPMI é presidida pela senadora Patrícia Sabóia Gomes (PPS-CE) e tem como relatora a deputada federal Maria do Rosário Nunes (PT-RS). Também integram a comissão as deputadas federais Telma de Oliveira (PSDB) e Celcita Pinheiro (PFL). A senadora Serys Slhessarenko, do PT, está participando da sessão. A comissão deve apresentar seu relatório final na semana que vem.

Os fatos relatados pela CPMI em Mato Grosso serão debatidos no âmbito da Comissão de Cidadania e Amparo à Criança, ao Adolescente e ao Idoso, da Assembléia Legislativa. Esta comissão é presidida pela deputada Verinha.

De acordo com a senadora Patrícia Sabóia, o Brasil vem sendo considerado pelos organismos internacionais como o segundo em termos de casos de exploração sexual de crianças e adolescentes. “Só perdemos para Tailândia”, disse. Desde o ano passado, a comissão já recebeu aproximadamente 800 denúncias. A deputada federal Maria do Rosário informou que o relatório final da comissão terá dois eixos de proposições: um, de políticas públicas para combater o problema; outro, de reformulações da legislação, com vistas a tornar as punições mais severas.

Mato Grosso foi citado na coletiva através de casos de turismo sexual em Cáceres e nos corredores de exportações das rodovias BR 165, 364 e 158. Alguns postos de gasolina funcionariam como “chamariz” para a atração de motoristas. A deputada Maria do Rosário disse que estão sendo propostas ações conjuntas com o sindicato desta categoria e o fortalecimento de Conselhos Tutelares para se enfrentar o problema. O tráfico de drogas também teria envolvimento com a rede de exploração de crianças e adolescentes.

A vice-governadora do Estado, Iraci França e os deputados Mauro Savi, Nataniel de Jesus e Carlão Nascimento também presenciam a audiência.




Fonte: Assessoria/AL

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/384096/visualizar/