Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quinta - 29 de Abril de 2004 às 16:41
Por: Franchesca Bogo

    Imprimir


Os últimos números apresentados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) apontaram um crescimento de 1,3% no que se refere à geração de novos empregos em Mato Grosso.

O cálculo é feito através da comparação entre o total de trabalhadores admitidos e demitidos num determinado prazo de tempo. No caso de Mato Grosso, foram admitidos 23.212 trabalhadores no mês de março e, em contrapartida, foram desligados 18.930. Isso resulta num saldo positivo de 4.282 trabalhadores a mais no mercado de trabalho.

Levando-se em conta o crescimento nacional, que foi de 0,46%, e fazendo uma comparação com estados desenvolvidos como São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, Mato Grosso encontra-se em primeiro lugar no ranking nacional.

O setor que mais contribuiu com esse balanço, em março, foi o extrativismo mineral (4,77%) e a Agropecuária em seguida (3,06%), gerando 1.942 novos empregos. Por outro lado, a construção civil foi responsável pela desativação de 205 vagas de emprego.

Para reverter o caso das não-contratações na construção civil, o Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Mato Grosso, juntamente com a Secretaria de Trabalho, Emprego e Cidadania (Setec) estão implantando cursos de capacitação voltados para esta área e buscando parcerias.

“A Setec direciona seus trabalhos de acordo com as necessidades do mercado de trabalho. Se os empregadores precisam de pedreiros, são pedreiros que vamos capacitar”, afirma a secretária Terezinha Maggi.

Segundo ela, é imprescindível o fechamento de parcerias com empresários e com entidades que visem o desenvolvimento do estado. Além da construção civil, a Setec está atuando na qualificação rural, na área de implementos agrícolas e também da pecuária, dentre outros.

A superintendente do Sine, Ivone Rosset, juntamente com a equipe do órgão estão visitando pessoalmente diversas empresas e grupos empresariais, bem como pequenos empreendimentos, com o objetivo de captar vagas para encaixar os trabalhadores cadastrados no banco de dados do Sine.

Segundo dados do Sistema de Gestão de Ações de Emprego (Sigae), comparando-se o primeiro quadrimestre do ano de 2003 com 2004, pode-se perceber um crescimento de 104% em relação à vagas disponibilizadas ao Sine pelos empregadores e 92% no que se refere aos trabalhadores cadastrados no sistema colocados no mercado de trabalho. Em Mato Grosso, o Sine está instalado em 13 municípios. São eles: Água Boa, Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Diamantino, Guarantã do Norte, Jaciara, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sapezal, Sinop, Tangará da Serra e Várzea Grande.

CAGED - Foi criado pelo Governo Federal, através da Lei nº 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensa de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT.

Este Cadastro Geral serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais.




Fonte: Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/384470/visualizar/