Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Quarta - 28 de Abril de 2004 às 12:03

    Imprimir


A tradução literal para workgroup, em inglês, é rede de trabalho. Na internet, é possível encontrar subgrupos de pessoas ligadas por interesses profissionais. Essa é a proposta da Orkut (www.orkut.com), que diz ter 157.135 cadastrados.

Outra opção semelhante é a Linkedin (www.linkedin.com), que se apresenta como uma rede em que você pode encontrar pessoas ligadas ao seu trabalho.

Na primeira rede, o usuário só pode fazer parte se for convidado por alguém que já está cadastrado. A tela de apresentação do participante da Orkut lembra uma página pessoal, em que o internauta pode publicar, se quiser, informações pessoais, como estado civil, livros que está lendo, paixões, religião e música. Inclui um miniblog, em que o usuário deixa impressões pessoais.

Depois de haver sido convidado para integrar a rede, o novo participante preenche seus dados e começa a conectar amigos. Você sabe se o usuário tem muitas conexões de amigos pelo número que aparece entre parênteses, abaixo do nome.

Apesar de a Orkut se apresentar como rede de trabalho, o internauta que entrar para esse clube tem a impressão de fazer parte de um clube privê, em que os usuários revelam informações mais pessoais. Ao acessar, pode descobrir,de repente, algum fetiche que um amigo possui.

Na Linkedin, não é preciso receber convite para se cadastrar. Concluída essa etapa, é necessário preencher dados profissionais, principalmente se o internauta quiser trocar informações de trabalho. Nessa rede, a divisão é feita por quem está procurando emprego, contratando ou querendo fazer algum negócio. Apesar de a entrada ser facilitada, o dono da conta só vai poder fazer links com outros usuários se ele fizer um pedido e for aceito.




Fonte: Folha de São Paulo

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/384645/visualizar/