Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Quarta - 28 de Abril de 2004 às 09:44

    Imprimir


Com objetivo de levar doses de “precisos remédios” como alegria, motivação e informação aos pacientes que estão internados em hospitais públicos e conveniados ao SUS (Sistema Único de Saúde), a Secretaria de Estado de Saúde pretende firmar uma parceria com a Organização Não-Governamental (ONG) Canto Cidadão de São Paulo, mais conhecida como Doutores Cidadãos, para implantação do projeto em Mato Grosso.

A intenção do secretário de Estado de Saúde, Marcos Henrique Machado, é colocar uma equipe de 10 servidores da Saúde para realizar ações que amenizem o ambiente hospitalar, alegrando, conversando e trocando experiências com os pacientes. “Estamos buscando várias alternativas para sensibilizar os profissionais da Saúde e a sociedade em geral, para a importância deste trabalho no processo de humanização do SUS”, disse Machado.

O secretário também destacou que projetos como estes mostram que o contato dos pacientes com os Doutores Cidadãos e da Alegria contribui com a redução do período de internação nos hospitais, além de melhorar o prognóstico das doenças.

Para um dos coordenadores da ONG Canto Cidadão, Roberto Ravagnari, o projeto tem uma característica importante: o estimulo ao trabalho voluntário, onde será possível envolver além dos profissionais da área da saúde, toda a população. Ravagnari esclarece ainda, que o trabalho é direcionado aos pacientes adultos, acompanhantes, visitantes e profissionais. “Durante a visita aos hospitais os ‘doutores’ distribuem alegria, amenizando com isso a dor e descontraindo o ambiente hospitalar”.

Paralelo ao trabalho de humanização, os Doutores Cidadãos buscam promover campanhas preventivas e educativas, esclarecendo de que o melhor remédio é a prevenção. Acompanhados de uma equipe da Secretaria de Saúde, os Doutores visitaram o Hospital do Câncer, onde foi realizada uma apresentação para a direção do hospital, dos trabalhos desenvolvido pelo grupo e uma performance aos pacientes que se encontravam hospitalizados. “A intenção da Secretaria de Saúde é que o projeto piloto seja feito no hospital do Câncer e posteriormente implantado nos principais hospitais do Estado”, comentou Ravagnari.

De acordo com o coordenador do Canto Cidadão, Felipe Mello, o sorriso é fundamental no processo de recuperação dos pacientes, em função de proporcionar no organismo a produção de serotonina, responsável pela sensação de bem estar e a endorfina, que reforça o sistema imunológico.

Os Doutores Cidadãos foi criado em 1986, no Estado de São Paulo, pelo administrador de empresas Roberto Ravagnari, mas conhecido como Dr. Ispaguetti Saracura. Em 2002, uniu-se ao Dr. Ispaguetti, o Dr. Raviolli Bem-te-vi (Felipe Mello). Atualmente o grupo possui cerca de 80 voluntários que desenvolvem este trabalho nos principais hospitais públicos, privados e filantrópicos de São Paulo. Com o objetivo de amenizar o ambiente hospitalar; promover o trabalho voluntário; realizar campanhas preventivas e educativas; promoção do exercício da cidadania.




Fonte: Assessoria/Saúde - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/384653/visualizar/